NFL

Dallas Cowboys planeja pagar a Dak Prescott o que “ele merece”

Dak Prescott, quarterback do Dallas Cowboys

(Crédito: Twitter/reprodução)

Poucas coisas são mais vantajosas para um time da National Football League do que um quarterback titular atuando ainda sob seu contrato de calouro. É uma verdadeira barganha. E o Dallas Cowboys está vivendo isso atualmente com Dak Prescott.

Mas isso não vai durar para sempre e a franquia texana sabe bem disso.

“Sim, você sabe que nessa posição, é o que é”, declarou Stephen Jones, vice-presidente executivo dos Cowboys, na última quarta (9), segundo o ‘Fort Worth Star-Telegram’. “Você meio que, quando chega a hora, (espera pagá-lo). Eu sei que Dak vai ter um bom ano este ano. Espero que esteja lá em cima. Vai ser como ele merece. Ele foi uma escolha de quarta rodada. Ninguém merece receber consideravelmente mais do que ele”, prosseguiu.

Por ter sido selecionado na quarta rodada, Prescott está recebendo um valor muito baixo. Ainda mais para um QB titular.

Em 2016, o signal caller assinou um contrato de calouro de quatro anos, com valor total de US$ 2,7 milhões. Para efeito de comparação, isso é menos do que o slot receiver Cole Beasley vai faturar de salário-base nesta temporada 2018 (US$ 3,25 milhões).

Prescott deve faturar apenas US$ 630 mil de salário-base em 2018 e seu ‘impacto’ no salary cap da organização texana é de apenas US$ 725.848, o que o deixa apenas com o 35º contrato mais ‘pesado’ do time de Dallas.

O QB estará elegível para uma extensão contratual após a temporada 2018. Com um salário-base previsto de US$ 720 mil em 2019, Prescott pode exigir um novo acordo na offseason do ano que vem.

Atualmente, os quarterbacks titulares na NFL estão ganhando contratos bem acima dos US$ 100 milhões (Matt Ryan acaba de assinar um contrato de US$ 150 milhões com o Atlanta Falcons). Assim sendo, os Cowboys podem já ir se preparando para soltar o dinheiro.

“Nós todos vemos o quanto alguns dos outros caras que não são Aaron Rodgers, que não são Matt Ryan (estão sendo pagos). Ele vai se sair bem. Nós certamente sabemos que isso vai acontecer. Temos isso planejado em nosso orçamento para o teto salarial”, frisou Stephen Jones. “Eu só quero ver Dak indo e sendo o MVP da NFL neste ano. Isso é o que eu quero. Então, vamos lidar com isso”, finalizou o executivo.

Comments
To Top