NFL

Dallas Cowboys estende contrato do guard Zack Martin por seis anos

Zack Martin, offensive guard do Dallas Cowboys

(Crédito: Twitter/reprodução)

Temos um novo offensive guard mais bem pago da National Football League. O Dallas Cowboys fechou uma extensão de seis anos com o right guard Zack Martin nesta quarta-feira (13) e ele é o novo jogador de sua posição mais bem pago da história da liga.

Segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, o contrato tem valor gigantesco de US$ 84 milhões, sendo US$ 40 milhões garantidos.

A iminência do acerto foi noticiada em primeira mão por Rapoport na última segunda (11).

Sem um novo contrato até então, Martin se manteve longe do time durante as OTAs (organized team activities), treinos de offseason que são voluntários, como vale sempre lembrar.

Selecionado pela franquia texana na primeira rodada do draft de 2014, com a 16ª escolha geral, Martin logo de estabeleceu como um dos melhores guards da NFL e ele foi escolhido para quatro Pro Bowls desde que entrou na liga, além de duas vezes para o primeiro time All-Pro e duas vezes para o segundo time All-Pro.

No total até agora, ele disputou 64 jogos de temporadas regulares desde que chegou à NFL, sendo titular em todas essas partidas.

Antes da extensão lucrativa, Martin estava entrando no ano final de seu contrato, que paga um salário-base de US$ 9,3 milhões em 2018.

De acordo com o site especializado ‘Over The Cap’, antes da renovação de contrato Zack Martin era apenas o quinto right guard mais bem pago da NFL, atrás de Kevin Zeitler, do Cleveland Browns, T.J. Lang, do Detroit Lions, Gabe Jackson, do Oakland Raiders, e Marshal Yanda, do Baltimore Ravens.

Com a extensão, os Cowboys liberam algum espaço no teto salarial nesta temporada e mantém o núcleo de sua linha ofensiva intacto, segurando o terceiro offensive lineman Pro Bowler sob um contrato de longa duração.

Em 2014, a franquia texana fechou uma extensão de oito anos de duração com o left tackle Tyron Smith, assegurando o jogador na organização até a temporada 2023. Já em 2016, os Cowboys selaram uma extensão de seis anos com o center Travis Frederick até a temporada 2023.

Com Martin assegurado, os Cowboys podem voltar suas atenções para renovação com o defensive end DeMarcus Lawrence, que somou 14,5 sacks em 2017, maior marca de sua carreira. O pass rusher deve atuar na temporada 2018 sob a franchise tag de US$ 17,143 milhões, mas o time tem até o dia 16 de julho para acertar um contrato de longa duração com o jogador.

Stephen Jones, vice-presidente executivo dos Cowboys, disse que não há negociações marcadas neste momento com David Canter, agente de Lawrence, mas ele espera que um novo acordo possa ser fechado antes do prazo final.

Comments
To Top