NFL

Dallas Cowboys estende contrato do center Travis Frederick por mais seis anos

(Crédito: Twitter/reprodução)

(Crédito: Twitter/reprodução)

O Dallas Cowboys e o center Travis Frederick chegaram a um acordo neste sábado (13) e acertaram uma extensão de contrato de seis anos, segundo informações do ‘NFL.com’. O contrato, que começa a valer em 2018, tem valor total de US$ 56,4 milhões, sendo US$ 28,2 milhões garantidos.

Com o acordo, o atleta tem vínculo com a franquia texana até a temporada 2023 da National Football League e se torna o center mais bem pago da NFL.

Selecionado na primeira rodada do draft de 2013 pelos Cowboys, Frederick jamais deixou de ser titular em uma partida do time desde então. Ele foi selecionado para o Pro Bowl, o jogo das estrelas da NFL, nos últimos dois anos e é considerado um dos melhores centers de toda a liga.

Atualmente com 25 anos de idade, o jogador de linha ofensiva foi selecionado com a 31ª escolha geral em 2013, depois que a organização do Texas acertou uma troca com o San Francisco 49ers e caiu no draft. No negócio, os Cowboys também conseguiram uma escolha de terceira rodada e acabaram a usando para escolher o wide receiver Terrance Williams.

Meses atrás, o Dallas Cowboys exerceu a opção pelo quinto ano do contrato de calouro de Frederick, assegurando o atleta em 2017 e garantindo ao jogador um valor de US$ 8,8, milhões.

Vale ressaltar que Joe Panos é o agente de Travis Frederick e ele também representa o left tackle Tyron Smith, que fechou uma extensão de oito anos com o Dallas Cowboys em 2014.

Aos poucos, os Cowboys estão mantendo suas peças de linha ofensiva, mantendo o setor, que é um dos mais fortes da NFL, intacto praticamente. O guard Zack Martin, que foi escolhido na primeira rodada do draft de 2014, pode assinar uma extensão de contrato no ano que vem.

No começo do mês, Stephen Jones, vice-presidente executivo dos Cowboys, já havia deixado claro sobre a importância de renovar com as peças da linha ofensiva e referiu-se a Frederick como “um daqueles caras que você quer em seu time de futebol americano”.

“Eu não sei de quantas formas diferentes podemos dizer isso, mas é o ponto forte do nosso time de futebol americano”, falou Jones à ‘ESPN’ norte-americana, mencionando a linha ofensiva. “A força dela e a coisa incrível sobre isso é que não é uma força apenas dentro de campo, mas eles representam tudo o que queremos em termos da ética de trabalho e do que eles fazem fora de campo. Então é um grande grupo para tentar e (nós vamos tentar) mantê-los todos juntos”, finalizou.

Comments
To Top