NFL

Cornerback dos Ravens, Tavon Young rompe o ligamento do joelho em treino

Tavon Young, cornerback do Baltimore Ravens

(Crédito: Twitter/reprodução)

O cornerback Tavon Young, do Baltimore Ravens, não teve uma quinta-feira (1) feliz. O jogador sofreu uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho e deve perder toda a temporada 2017 da National Football League, como anunciou a franquia.

Young, que é o principal nickelback do time em 2017, lesionou o joelho no meio do treinamento desta quinta.

Ele caiu no chão depois de interceptar um passe na atividade desta quinta e, então, colidir acidentalmente com um companheiro de equipe. Young, visivelmente com muitas dores, foi ajudado a sair de campo com os braços apoiados em integrantes da comissão técnica, colocando pouco peso em cima da perna.

“Não houve muito contato. Vamos ver como o joelho dele está”, declarou o técnico John Harbaugh, que não sabia a gravidade da lesão do atleta quando falou com a imprensa.

Pelo seu Twitter oficial, o defensive back falou brevemente sobre a lesão e deu a entender que ficará fora por um bom tempo.

“Voltarei mais forte do que nunca. DEUS está do meu lado. Obrigado pelas orações”, escreveu.

O Baltimore Ravens adicionou dois cornerbacks ao elenco nesta offseason, depois de contratar o veterano Brandon Carr e selecionar Marlon Humphrey na primeira rodada do draft de 2017. Apesar disso, Tavon Young era a principal opção para fazer a cobertura do slot.

Após a saída de Young do treinamento, Maurice Candy entrou em campo para ocupar a vaga e fez três interceptações.

Young foi ranqueado como 26º melhor cornerback da NFL na temporada passada, de acordo com o site especializado Pro Football Focus. Ele encerrou a temporada 2016 com 53 tackles combinados, duas interceptações e oito passes desviados em 16 jogos disputados (11 como titular).

O wide receiver Michael Campanaro e o defensive lineman Carl Davis também sofreram lesões nesta semana e não treinaram nesta quinta.

Campanaro está lidando com um problema no dedão do pé, que Harbaugh descreveu como um “incômodo, enquanto que Davis distendeu um músculo peitoral.

Comments
To Top