NFL

Coordenador ofensivo dos Seahawks justifica escolha por passe

(Crédito: Seattle Seahawks/divulgação)

(Crédito: Seattle Seahawks/divulgação)

O coordenador ofensivo do Seattle Seahawks, Darrell Bevell, tentou justificar a desastrosa escolha de jogada que resultou na interceptação do cornerback Malcolm Butler e na vitória do New England Patriots. Segundo ele, a escolha foi tomada pensando no relógio.

“Nós tinhamos consciência de quanto tempo havia no relógio e queriamos usá-lo. Não funcionou da maneira que desejávamos”, disse Bevell.

A jogada poderia ter selado a vitória dos Seahawks, já que a equipe devolveria a bola para New England com apenas alguns segundos para o fim da partida. No entanto, Seattle decidiu lançar a bola ao invés de tirar proveito de sua principal arma na endzone, o running back Marshawn Lynch. O resultado foi uma interceptação do cornerback Malcolm Butler no quarterback Russell Wilson, o que resulton na vitória da franquia de Massachusetts.

“Claro que agora posso dizer que gostaria de ter feito algo diferente. Há 20 coisas na minha mente que poderíamos ter feito. Se tivessemos corrido com a bola, não significa que teríamos marcado o touchdown naquela jogada”, disse Bevell.

Por diversas vezes em sua entrevista coletiva, o coordenador ofensivo dividiu a culpa da interceptação com o wide receiver Ricardo Lockette, dizendo que o jogador poderia ter ido com mais força em direção à bola. A atitude do coordenador foi diferente da tomada pelo treinador da equipe, Pete Caroll, e do quarterback, Russell Wilson, que assumiram a culpa exclusiva pela falha da jogada.

Comments
NFL, NBA e MLB. Notícias, relatos e colunas. E uma pitada de humor de tiozão. Contato: [email protected]
Copyright © 2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18


Jogue com responsabilidade


Copyright © 2015 The Mag Theme. Theme by MVP Themes, powered by Wordpress.

To Top