NFL

Coordenador ofensivo dos Dolphins afirma que DeVante Parker terá “ano gigante”

DeVante Parker, wide receiver do Miami Dolphins

(Crédito: Twitter/reprodução)

O Miami Dolphins se classificou para os playoffs nesta última temporada da National Football League pela primeira vez nos últimos oito anos e, desta forma, é normal que o otimismo esteja no ar dentro da organização. E quem parece estar bastante contente é Clyde Christensen.

O coordenador ofensivo da franquia da Flórida disse neste sábado (6) que o wide receiver DeVante Parker deve ter uma temporada 2017 incrível.

“Eu realmente acho que o estilo de vida e a rotina estão melhores”, declarou Christensen, segundo o jornal ‘Palm Beach Post’, referindo-se à situação extracampo do atleta. “Algumas vezes, quando esses jovens entram nisso, leva um tempo para caírem na rotina do que é preciso para deixar seu corpo em posição, dormir, comer, treinar e ser capaz de deixá-lo pronto para uma temporada de 16 jogos, especialmente para um recebedor, que corre muito”, prosseguiu.

O coordenador ofensivo dos Dolphins não parou por aí.

“Todas essas coisas ficaram melhores para ele, e eu acho que elas todas vão se combinar para ele ter um grande ano neste ano. Eu realmente acho que ele vai ter um grande, grande ano – um ano gigante para nós. Isso seria enorme”, pontuou.

Na temporada 2016, ele foi o segundo melhor recebedor dos Dolphins e agarrou 56 passes para 744 jardas e quatro touchdowns. No único jogo de playoffs do time, já que a equipe caiu para o Pittsburgh Steelers na rodada de wild card da Conferência Americana (AFC), o camisa 11 fez quatro recepções para 55 jardas.

Selecionado pelo Miami Dolphins na primeira rodada do draft de 2015, com a 14ª escolha geral, DeVante Parker soma 82 recepções para 1.238 jardas e sete touchdowns em 29 jogos de temporadas regulares.

O desempenho até agora em nível NFL está longe de ser o esperado por um jogador selecionado na primeira rodada de um draft. E Parker não se portou muito bem até agora como profissional, chegando atrasado em reuniões e demonstrando ética de trabalho questionável.

Diante desses problemas, o wideout tem um ano para provar que está diferente e mostrar que seu coordenador ofensivo tem motivos para estar otimista em relação a ele.

“Nós estamos vendo o que estávamos esperando, e isso é um DeVante Parker saudável – ele está correndo melhor do que eu vi desde que estou aqui – e um DeVante Parker faminto. Ele tem estado por aqui muito mais do que no ano passado. Ele está treinando duro. Ele está mais concentrado nisso. Estamos vendo o que queríamos ver por parte dele”, finalizou Clyde Christensen.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top