NFL

Comissário da CFL está impressionado com Johnny Manziel

(Crédito: Twitter/reprodução)

Randy Ambrosie, comissário da Canadian Football League (CFL), disse nesta quarta-feira (13) que se sentiu “bem” com a conversa que teve em setembro com o quarterback Johnny Manziel. Apesar disso, ele está aguardando os resultados de uma análise multifacetada de especialistas antes de decidir se vai aprovar ou não que o atleta atue na liga em 2018.

Os direitos de Manziel na liga canadense pertencem exclusivamente ao Hamilton Tiger-Cats e o jogador iniciou um processo no meio deste ano que exigiria que o time oferecesse um contrato a ele ou então renunciasse aos direitos sobre o jogador. Porém, Ambrosie interveio para garantir o que ele chamou de “decisão minuciosa e reflexiva” sobre a elegibilidade de Manziel de atuar na CFL.

“Ele se representou incrivelmente bem (na reunião). Ele estava pensativo. Eu o achei autêntico e sincero. Eu também senti que ele parece ter chegado a um bom estágio de sua vida. Ele estava falando muito sobre sua família. Agora, devo dizer que é parte do problema. Minha inclinação é no sentido de família. Então, quando estou com alguém lá falando sobre minha família, imediatamente me sinto bem com a conversa”, declarou o comissário da CFL, em visita à ‘ESPN’ dos Estados Unidos. “É exatamente por isso que sentimos por qualquer jogar que teve algum problema no passado. É importante não deixar que os leigos sejam a única parte do processo de tomada de decisão. É por isso que implementamos um processo no qual vamos nos apoiar muito em especialistas que tenham treinamento e habilidades que lhes permitam realmente entender onde alguém está em sua jornada pessoal e poder me dar conselhos sábios”, completou.

A reunião com Ambrosie foi o início de um processo em que Manziel vai conversar com investigadores sobre seu passado conturbado, que incluiu uma acusação de violência doméstica em 2016. Posteriormente, a acusação foi arquivada.

Sob os termos de arquivamento da acusação, o ex-quarterback do Cleveland Browns foi obrigado a comparecer a um programa de controle de raiva, frequentar um painel sobre impacto da violência doméstica e participar do programa de abuso de substâncias da NFL.

“Se chegarmos a um ponto em que anunciamos que alguém pode jogar, queremos poder olhar para a comunidade e dizer a eles que fizemos o nosso trabalho, que não pulamos um passo”, observou Ambrosie.

Johnny Manziel não joga desde que foi dispensado pelos Browns em março de 2016. Selecionado na primeira rodada do draft de 2014 pelo time de Cleveland, ele disputou 14 jogos na NFL com a camisa da equipe e acertou 57% de seus passes para 1.675 jardas, sete touchdowns e sete interceptações. Manziel também correu 46 vezes para 259 jardas e um TD.

Ambrosie disse que podia dizer “muito rapidamente” que Manziel genuinamente quer jogar na CFL.

June Jones, técnico dos Tiger-Cats, deixou claro recentemente que quer o quarterback em sua equipe.

“Eu acho que ele seria o melhor jogador a jogar aqui. Ele pode lançar e correr como ninguém nunca foi capaz de fazer”, frisou Jones, segundo o site oficial da Canadian Football League.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top