NFL

Com problema no pé, Sam Darnold não vai atuar contra Bills; veja boletim de lesões

Sam Darnold, quarterback calouro do New York Jets

(Crédito: Twitter/reprodução)

O quarterback Sam Darnold, do New York Jets, não vai atuar neste domingo (11) contra o Buffalo Bills depois de sofrer uma entorse em seu pé direito no último final de semana contra o Miami Dolphins.

O jornal ‘New York Daily News’ noticiou a contusão em primeira mão.

A lesão é considerada algo que será avaliado semana a semana.

Depois de enfrentar os Bills neste final de semana, os Jets têm uma semana de folga (bye week) e então voltam a campo no dia 25 para pegar o New England Patriots.

Darnold foi visto no campo de treinamento nesta quarta-feira (7) com uma bota protetora no pé enquanto ele assistia às atividades dos quarterbacks longe do alcance da imprensa.

O reserva Josh McCown, que ainda não atuou em um snap sequer nesta temporada, será titular contra os Bills no MetLife Stadium.

Os Jets não divulgaram detalhes sobre a contusão mesmo depois de o signal caller admitir após o duelo contra os Dolphins que estava baleado. Na última segunda, o calouro afirmou que estava “bem”.

O técnico Todd Bowles falou na última segunda que não estava ciente de qualquer lesão. A contusão não se tornou pública até os repórteres chegarem para o treinamento e verem Darnold afastado das atividades.

Selecionado com a terceira escolha geral do draft de 2018 pelo New York Jets, Darnold está vindo da pior atuação de sua carreira na NFL até agora, tendo lançado quatro interceptações na derrota por 13 a 6 para os Dolphins. O QB mostrou autocrítica e disse que está jogando um “futebol americano estúpido”.

Ele lidera a NFL com 14 interceptações lançadas na temporada 2018 até agora, incluindo sete nos últimos três jogos.

Atualmente com 39 anos, McCown foi titular dos Jets durante toda a temporada passada e teve os melhores números de sua carreira profissional antes de sofrer uma fratura na mão no 13º jogo do campeonato e ficar fora da reta final da campanha.

Em 13 partidas no ano passado, McCown acertou 67,3% de seus passes para 2.926 jardas, 18 touchdowns e nove interceptações.

Ele assinou um novo contrato de um ano, com valor de US$ 10 milhões, com os Jets na free agency deste ano.

Confira mais notícias de lesões na NFL nesta quarta (7):

– No Dallas Cowboys, o linebacker Sean Lee pode perder a maior parte da segunda metade da temporada 2018 da NFL depois de sofrer uma lesão no músculo posterior da coxa durante a derrota para o Tennessee Titans, no Monday Night Football.

Segundo o jornalista Todd Archer, da ‘ESPN’ norte-americana, várias fontes dizem que Lee pode ficar afastado por um período entre quatro e seis semanas. Na pior projeção, que seria de seis semanas, o defensor retornaria para os dois últimos jogos da temporada, sendo o primeiro deles no dia 23 de dezembro contra o Tampa Bay Buccaneers.

Na última segunda, o técnico Jason Garrett não deu um cronograma específico para a ausência do atleta, mas disse: “nós antecipamos que ele fique fora por algum tempo. Sem dúvidas em relação a isso”.

Lee sentiu a coxa na segunda metade da derrota para os Titans e não voltou ao jogo. O linebacker já havia perdido três jogos mais cedo nesta temporada devido a um problema no músculo posterior da coxa, depois de se machucar no dia 23 de setembro contra o Seattle Seahawks.

No ano passado, Lee perdeu cinco partidas devido a um problema muscular semelhante.

Também nos Cowboys, o left guard calouro Connor Williams vai passar por uma artroscopia no joelho direito nesta quarta e vai perder o jogo de domingo contra o Philadelphia Eagles. Apesar disso, sua ausência pode ser breve.

Garrett confirmou nesta quarta que Williams passaria pelo procedimento cirúrgico e disse que o time espera que “isso seja uma coisa de curto prazo”, mas observou que não saberá ao certo até que a operação seja concluída.

– No Kansas City Chiefs, o wide receiver Sammy Watkins está lidando com dor em seu pé depois da vitória sobre o Cleveland Browns, no domingo, e passou por uma ressonância magnética. A informação é de Ian Rapoport, da ‘NFL Network’.

Ainda que a contusão não seja considerada séria, ela pode afetar o status do jogador para a semana 10.

Os Chiefs, que mantiveram Watkins fora do treinamento desta quarta, pode adotar uma postura cautelosa em relação ao wideout para assegurar que ele esteja saudável para a reta final da temporada regular e para os playoffs.

Em outras notícias do departamento médico da organização do Missouri, o offensive lineman Cam Erving (doença), o safety Eric Berry (calcanhar), o linebacker Anthony Hitchens (costelas) e o center Mitch Morse (concussão) não treinaram.

– No Jacksonville Jaguars, o running back Leonard Fournette deve treinar nesta quarta enquanto se aproxima de um retorno aos gramados. O cornerback A.J. Bouye (panturrilha) não vai treinar nesta quarta.

– No Philadelphia Eagles, o técnico Doug Pederson disse que o running back Darren Sproles (músculo posterior da coxa) vai treinar nesta quarta e o time espera tê-lo à disposição para o jogo de domingo contra o Dallas Cowboys. O offensive tackle Lane Johnson (tornozelo) também está de volta às atividades e deve atuar no Sunday Night Football.

O wide receiver Mike Wallace vai sair em breve da bota protetora e acredita que poderá estar correndo dentro de duas semanas, segundo informações do jornalista Mike Garafolo, da ‘NFL Network’.

– O Cleveland Browns colocou o linebacker Christian Kirksey (músculo posterior da coxa) e o defensive back E.J. Gaines (concussão) na injured reserve. Assim, ambos estão fora do restante da temporada 2018.

Gaines sofreu sua segunda concussão em menos de um mês durante a derrota para o Kansas City Chiefs.

– No Atlanta Falcons, o linebacker Deion Jones (pé), que está na injured reserve desde a semana 1, vai treinar nesta quarta. A informação foi confirmada pelo técnico Dan Quinn.

– No Carolina Panthers, o wide receiver Torrey Smith (joelho) está fora do Thursday Night Football contra o Pittsburgh Steelers. O center Matt Kalil (tornozelo), o linebacker David Mayo (virilha), o defensive end Mario Addison (ombro) e o safety Eric Reid (ombro) foram listados como questionáveis.

– No Miami Dolphins, o técnico Adam Gase disse aos repórteres que o quarterback Ryan Tannehill (ombro) não vai atuar nesta semana contra o Green Bay Packers. O time está esperançoso de que o signal caller titular estará pronto para o jogo da semana 12 contra o Indianapolis Colts, depois da bye week da franquia da Flórida.

Tannehill conversou com a imprensa nesta quarta pela primeira vez desde que se machucou na semana 6 e admitiu, segundo Adam Beasley, do jornal ‘Miami Herald’, que ainda sente dores ao lançar a bola de futebol americano.

O quarterback também revelou que seu ombro “não estava perto” de estar saudável o suficiente para jogar quando ele lançou bolas recentemente, também segundo Beasley.

– No Buffalo Bills, o wide receiver Kelvin Benjamin apareceu no relatório de lesões nesta quarta com uma contusão no joelho e ele treinou de forma limitada. O quarterback calouro Josh Allen também treinou de forma limitada enquanto segue se recuperando de lesão no cotovelo, enquanto que o quarterback veterano Derek Anderson segue no protocolo de concussão.

– No Denver Broncos, o center Matt Paradis passou por cirurgia em sua perna fraturada com danos também nos ligamentos, de acordo com James Palmer, da ‘NFL Network’. Agora começa o processo de reabilitação para o offensive lineman, que será um free agent cobiçado em 2019.

– No Chicago Bears, o tight end Dion Sims (concussão) não treinou nesta quarta. O wide receiver Taylor Gabriel (joelho) treinou de forma limitada, enquanto que o linebacker Khalil Mack (tornozelo) treinou normalmente depois de perder várias semanas de treino.

– No Arizona Cardinals, o safety Tre Boston (peito), o tight end Jermaine Gresham (costas), o offensive lineman Mike Iupati (costas), o defensive tackle Robert Nkemdiche (panturrilha) e o offensive lineman Justin Pugh (mão) treinaram de forma limitada.

Comments
To Top