NFL

Com dores no pé, Sammy Watkins fica fora de treino; veja boletim de lesões

Sammy Watkins, wide receiver do Buffalo Bills

(Crédito: Twitter/reprodução)

O wide receiver Sammy Watkins, do Buffalo Bills, não treinou nesta quarta-feira (30) por causa de dores em seu pé. O jogador passou por cirurgia no local meses atrás.

Rex Ryan, técnico do Buffalo Bills, afirmou aos jornalistas antes do treino que o camisa 14 deveria participar de maneira limitada das atividades. Entretanto, de acordo com um porta-voz da equipe, Watkins disse aos preparadores físicos quando chegou ao centro de treinamento que estava com o pé dolorido e, desta forma, a franquia decidiu poupá-lo das atividades.

Ainda não se sabe se Watkins será capaz de treinar na quinta ou sexta-feira. Os Bills também não indicaram se o wideout estará disponível para o jogo de domingo (4) contra o Seattle Seahawks.

A situação é, de certa forma, preocupante para Sammy Watkins, que perdeu nove partidas devido a dores persistentes no pé esquerdo, derivadas da cirurgia pela qual ele passou na offseason para reparar uma fratura em um osso no local.

Após a vitória para o Jacksonville Jaguars, quando Watkins fez três recepções para 80 jardas, o recebedor disse que estava “se sentindo bem”. Rex Ryan afirmou na última segunda que o jogador saiu “bem” da partida.

Em outras novidades do departamento médico dos Bills, os wide receiver Robert Woods (joelho) e Percy Harvin (doença), o tight end Charles Clay (joelho), o linebacker Lorenzo Alexander (tornozelo), o cornerback Ronald Darby (concussão), o safety James Ihedigbo (tornozelo) e o offensive tackle Cordy Glenn (tornozelo) também não treinaram, segundo Rex Ryan.

Confira outras notícias de lesões desta quarta (30):

– Derek Carr: o quarterback do Oakland Raiders, que lesionou o dedo mindinho da mão direita no último final de semana, foi questionado várias vezes nesta quarta sobre como a recuperação da lesão está e ele deu basicamente a mesma resposta para todas as perguntas.

“Está ótimo, obrigado por perguntar”, falou o camisa 4 em várias oportunidades.

Carr então foi perguntado se a lesão vai alterar sua pegada na bola ou o movimento para lançar, e respondeu: “está indo muito bem, obrigado. Como está a sua?”.

O quarterback, ao receber a pergunta sobre se vai receber snaps diretamente atrás do center ou se vai continua na formação shotgun, disse: “sem limitações. Está indo bem, obrigado”.

Este foi o padrão de respostas nesta quarta para o jogador, que se lesionou na segunda metade da vitória de virada sobre o Carolina Panthers e, depois de ficar fora de campo por pouco tempo, retornou. David Carr, irmão mais velho do QB dos Raiders e atual comentarista da ‘NFL Network’, revelou no início da semana que seu irmão deslocou o dedo em dois lugares.

Durante a entrevista coletiva nesta quarta, Derek Carr manteve a mão no bolso e estava utilizando a luva preta no local lesionado durante o aquecimento do time. No vestiário, seu dedo ainda estava enfaixado. Os Raiders treinaram depois da coletiva do QB, e ele treinou sem limitações.

– Andrew Luck: o quarterback do Indianapolis Colts segue passando pelo protocolo de concussão da NFL, como frisou o técnico Chuck Pagano, mas o próprio jogador falou aos jornalistas que ele participou da sessão de treinos sem restrições. O camisa 12 só precisa agora ser liberado por um neurologista independente para ficar pronto para atuar no Monday Night Football contra o New York Jets.

Luck retornou às atividades na última segunda, usando uma camisa vermelha que representa ‘não contato’, depois de perder a partida contra o Pittsburgh Steelers na quinta passada, na rodada de Dia de Ação de Graças. Andrew Luck sofreu a contusão na cabeça na semana 11, contra o Tennessee Titans.

– Clayton Geathers: o safety dos Colts também segue passando pelo protocolo de concussão.

– Philadelphia Eagles: o running back Ryan Mathews (joelho), o wide receiver Jordan Matthews (tornozelo) e o offensive tackle Halapoulivaati Vaitai (joelho) não treinaram, como afirmou o técnico Doug Pederson.

– Jordan Reed: o tight end do Washington Redskins, que está se recuperando de lesão no ombro, não treinou. Segundo o técnico Jay Gruden, o jogador ainda está sentindo muitas dores e sua recuperação está caminhando lentamente.

– Chicago Bears: o cornerback Kyle Fuller, que está se recuperando de lesão no joelho, voltou aos treinos e, agora, o time tem 21 dias para avaliá-lo e decidir se vai designar o atleta para retornar e vai ativá-lo ou se vai mantê-lo na injured reserve. Fuller ainda não atuou nesta temporada, depois de passar por um procedimento cirúrgico em agosto.

O quarterback Jay Cutler (ombro), o safety Adrian Amos (pé) e o wide receiver Eddie Royal (dedo do pé) não treinaram nesta quarta, enquanto que o linebacker Leonard Floyd (concussão) voltou aos treinos de maneira limitada.

– Shane Vereen: o running back do New York Giants, que rompeu o tríceps na semana 3, está de volta aos treinamentos, como noticiou o jornalista Ian Rapoport, do ‘NFL.com’.

– Mais New York Giants: o safety Nat Berhe (concussão), o linebacker Mark Herzlich (concussão) e o defensive end Owa Odighizuwa (joelho) não treinaram.

– Aaron Rodgers: o quarterback do Green Bay Packers, que lesionou o músculo posterior da coxa no último Monday Night Football, deve atuar no domingo contra o Houston Texans. O camisa 12 treinou de maneira limitada nesta quarta.

– Clay Matthews: o linebacker dos Packers, que está com o ombro machucado, afirmou que a possibilidade de ele atuar ou não no final de semana tem a ver com a sua tolerância à dor. O defensor não treinou nesta quarta.

– Minnesota Vikings: o center Joe Berger (concussão) não treinou e foi listado como “fora” para o jogo contra o Dallas Cowboys, nesta quinta-feira (1) à noite. O wide receiver Stefon Diggs (joelho) e o cornerback Terence Newman (pescoço) foram listados como questionáveis para a partida.

Os titulares Sam Bradford, Adam Thielen, Eric Kendricks, Jeremiah Sirles e Harrison Smith foram retirados do relatório de lesionados e devem atuar.

– Brandon Mebane: o defensive tackle do San Diego Chargers passou por cirurgia na última segunda para reparar uma ruptura no bíceps. O defensor publicou uma foto em seu Instagram dizendo que está se recuperando bem e que espera voltar na próxima temporada.

– Baltimore Ravens: o wide receiver Kamar Aiken (coxa) não treinou, mas deve estar pronto para atuar no domingo, como afirmou o técnico John Harbaugh. O cornerback Jimmy Smith (costas) voltou aos treinos.

– Kansas City Chiefs: o defensive end Jaye Howard (quadril) e o defensive lineman Dontari Poe (costas) não treinaram nesta quarta, enquanto que o linebacker Dee Ford (músculo posterior da coxa) e o wide receiver Jeremy Maclin (virilha) treinaram de forma limitada. O defensive back Steve Nelson (pescoço) treinou normalmente.

– Barry Church: o safety do Dallas Cowboys, que está se recuperando de problema no antebraço, foi listado como ‘questionável’ para o Thursday Night Football contra o Minnesota Vikings.

– Miami Dolphins: o offensive tackle Branden Albert (punho) e o guard Laremy Tunsil (ombro) voltaram a treinar, mas participaram das atividades de maneira limitada.

– Jacksonville Jaguars: os running backs T.J. Yeldon (tornozelo) e Chris Ivory (músculo posterior da coxa), o tight end Julius Thomas (costas), os defensive ends Jared Odrick (ombro) e Yannick Ngakoue (tornozelo) e os wide receivers Rashad Greene (pé/tornozelo) e Allen Hurns (músculo posterior da coxa) não participaram do treino.

– Trevor Siemian: o quarterback do Denver Broncos, que está com o pé lesionado, não treinou e sua condição é considerada dia a dia.

– New England Patriots: o quarterback Tom Brady (joelho), o tight end Rob Gronkowski (costas) e o wide receiver Julian Edelman (pé) não treinaram nesta quarta.

– Carolina Panthers: o wide receiver Kelvin Benjamin (ombro), o linebacker Luke Kuechly (concussão) e o tackle Daryl Williams (tornozelo) não treinaram. O safety Kurt Coleman está passando pelo protocolo de concussão.

– Seattle Seahawks: o defensive end Michael Bennett (joelho) está no caminho certo para voltar a jogar no domingo, de acordo com o técnico Pete Carroll. O jogador afirmou aos jornalistas que não sabe se poderá entrar em campo no final de semana.

O safety Earl Thomas (músculo posterior da coxa) e o cornerback DeShawn Shead (músculo posterior da coxa) treinaram, mas a condição de ambos para domingo ainda não é conhecida. O tight end Jimmy Graham (joelho) não treinou. O quarterback Russell Wilson não foi listado no relatório de lesões dos Seahawks pela primeira vez desde a semana 1.

– Houston Texans: o nose tackle Vince Wilfork (virilha), o defensive end Jadeveon Clowney (cotovelo/punho), o linebacker Brian Cushing (costas) e o tight end C.J. Fiedorowicz (ombro) todos treinaram de maneira limitada.

– Detroit Lions: o linebacker DeAndre Levy (joelho), o linebacker Tahir Whitehead (joelho), o running back Theo Riddick (tornozelo) e o defensive end Ezekiel Ansah (tornozelo) treinaram de forma limitada.

– Los Angeles Rams: o wide receiver Tavon Austin (peito), o defensive end Robert Quinn (concussão) e o guard Rodger Saffold (mão) todos não treinaram.

Comments
To Top