NFL

Colts trazem quarterback Chad Kelly e Reuben Foster se lesiona; veja mais transações

Chad Kelly, quarterback da NFL

(Crédito: Twitter/reprodução)

O quarterback Chad Kelly conquistou uma nova oportunidade na National Football League. O Indianapolis Colts anunciou a contratação do signal caller nesta segunda-feira (20), o que deixa o elenco com quatro QBs para as OTAs (organized team activities).

Os detalhes do contrato de Kelly não foram divulgados.

Kelly entrou na liga em 2017, ao ser selecionado com a última escolha geral do draft pelo Denver Broncos. O QB veio da Universidade de Ole Miss, depois de lidar com problemas em sua época no futebol americano universitário, quando chegou a ser expulso pela Universidade de Clemson por conduta prejudicial ao time.

O quarterback perdeu toda sua temporada de calouro na NFL, enquanto estava se recuperando de cirurgia no punho, e voltou a enfrentar problemas extracampo em outubro de 2018. O atleta foi acusado de invasão criminosa de primeiro grau no dia 23 daquele mês e foi dispensado pelos Broncos no dia seguinte.

O jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, apurou que a liga segue revisando a prisão de Kelly e que o QB está sujeito a uma possível suspensão.

Kelly é sobrinho de Jim Kelly, quarterback membro do Hall da Fama do Futebol Americano Profissional (PFHOF), e chega aos Colts para ser uma opção além de Andrew Luck, Jacoby Brissett e Phillip Walker.

Para abrir espaço no elenco para o novo signal caller, o Indianapolis Colts cortou o defensive tackle Jordan Thompson.

Confira mais movimentações e notícias de lesões na NFL nesta segunda (20):

– O linebacker Reuben Foster, do Washington Redskins, foi removido de campo nesta segunda, no primeiro dia das OTAs (organized team activities) do time, depois de sofrer uma lesão na perna esquerda. A contusão ocorreu no terceiro snap da atividade.

Segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, acredita-se que Foster rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho e sofreu mais danos. A lesão foi descrita como grande e significativa e o defensor está se consultando com especialistas para saber a real gravidade.

O técnico Jay Gruden afirmou que Foster pisou no pé do offensive lineman Tyler Catalina, enquanto tentava atacar um espaço. A franquia da capital dos Estados Unidos está aguardando os resultados da ressonância magnética.

Foster saiu de campo chorando, soluçando enquanto era levado de volta às instalações do time. A perna do defensor foi imobilizada, segundo Mike Garafolo, da ‘NFL Network’.

– O New England Patriots trouxe de volta o defensive tackle Danny Shelton nesta segunda, mas os termos do acordo não foram divulgados oficialmente. Apesar disso, o jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, apurou que o contrato é de um ano de duração.

Em uma decisão correspondente, o offensive lineman Jake Eldrenkamp foi dispensado.

Shelton atuou em 13 jogos da temporada 2018 com a camisa dos Pats, sendo um como titular, e totalizou 21 tackles. Ele não atuou em três jogos na reta final da temporada, bem como na final da AFC contra o Kansas City Chiefs, mas teve um dos melhores jogos de sua carreira no Super Bowl LIII contra o Los Angeles Rams.

– O quarterback Carson Wentz deve estar em campo nesta terça (21), quando o Philadelphia Eagles abre as suas OTAs. O jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, noticiou nesta semana que o signal caller não terá limitações nas atividades de campo durante as organized team activities.

O time será inteligente e vai monitorar seu quarterback titular, que está se recuperando de cirurgia nas costas, mas Wentz deve receber a maior parte do trabalho.

– O offensive lineman Cordy Glenn, do Cincinnati Bengals, afirmou nesta segunda que está migrando a posição de left tackle para a posição de left guard. E o jogador está recebendo a mudança de braços abertos, depois de debater a decisão com Jim Turner, treinador de linha ofensiva.

“Coach Turner e eu tivemos uma conversa de homem para homem”, falou Glenn, segundo Paul Dehner, do ‘The Athletic’.

A decisão deixa a função de left tackle para Jonah Williams, selecionado com a 11ª escolha geral do draft de 2019.

– O linebacker Cory Littleton, do Los Angeles Rams, assinou sua proposta de contrato de um ano. Ele somou 125 tackles em 2018 e foi ao segundo time All-Pro devido ao seu bom trabalho nos special teams da franquia californiana.

– O New York Jets contratou o punter free agent Matt Darr. Ele tem uma média líquida de 39,5 jardas por punt ao longo de três temporadas com o Buffalo Bills (2018) e o Miami Dolphins (2015 e 2016). A franquia nova-iorquina também dispensou o tight end Jordan Leggett.

– O Kansas City Chiefs fechou com o tight end free agent Jordan Phillips e dispensou o defensive back Dontae Johnson. Phillips fez três recepções para 38 jardas em oito jogos com o Arizona Cardinals na temporada 2018.

Comments
To Top