NFL

Colin Kaepernick estaria interessado em jogar no Cleveland Browns

(Crédito: Twitter/reprodução)

(Crédito: Twitter/reprodução)

O quarterback Colin Kaepernick vem despertando o interesse de equipes como Denver Broncos, New York Jets e Cleveland Browns e, se depender da vontade do jogador, ele deseja atuar nos Browns do técnico Hue Jackson. As informações são da ‘ESPN’ norte-americana.

No mercado até agora, o Cleveland Browns perdeu cinco jogadores, entre eles o center Alex Mack e o safety Tashaun Gipson e alguns jogadores expressaram descontentamento em atuar na franquia de Ohio, mas Kap parece estar vendo a ideia com bons olhos.

O San Francisco 49ers vem tendo conversas sobre uma possível troca envolvendo o quarterback e o Denver Broncos também aparece como um dos candidatos, mas o jornalista Adam Schefter frisa que os Browns demonstraram mais interesse até agora do que o time do Colorado.

Em 2011, quando os 49ers escolheram Kaepernick no draft, o Oakland Raiders era treinado por Hue Jackson e, na ocasião, o técnico e o falecido dono da franquia Al Davis queriam fazer uma troca para levar o quarterback para Oakland, mas o negócio não saiu.

Em cinco temporadas nos Niners até agora, Colin Kaepernick completou 59,9% de seus passes para 10.030 jardas totais, 56 touchdowns e 26 interceptações. Na temporada 2015, em nove jogos antes de perder o posto de titular, o quarterback lançou para 1.615 jardas, seis TDs e cinco interceptações.

Se troca não sair, Kap deve competir nos Niners – De acordo com informações de Michael Silver, colunista do ‘NFL.com’, se Colin Kaepernick não for trocado nos próximos dias com alguma equipe, “os Niners estão se preparando para seguir em frente e iniciar uma competição de quarterbacks”.

Desta forma, caso permaneça em San Francisco, o camisa 7 deve competir por vaga de titular com Blaine Gabbert durante as atividades da offseason e o training camp.

Segundo informações da imprensa dos Estados Unidos, os Niners estão buscando uma escolha de segunda rodada em troca por Kaepernick, mas os Broncos, por exemplo, não estariam dispostos a pagar um preço tão alto.

O general manager Trent Baalke, dos 49ers, disse no final do mês passado, durante o scouting combine, que Colin Kaepernick “absolutamente” estaria no elenco da equipe no dia 1º de abril, quando o salário-base do QB para 2016 se torna completamente garantido, e o presidente Jed York frisou que Kap “pode ser uma grande parte do que estamos fazendo daqui em diante”.

Comments
To Top