NFL

Colin Kaepernick é o jogador mais odiado da NFL, aponta pesquisa

(Crédito: Twitter/reprodução)

(Crédito: Twitter/reprodução)

O quarterback Colin Kaepernick, do San Francisco 49ers, foi o responsável por iniciar a onda de protestos na liga devido à desigualdade racial e opressão nos Estados Unidos. E, agora, ele é o jogador mais odiado da National Football League, segundo uma pesquisa.

De acordo com um recente levantamento feito pela E-Poll Marketing Research, que entrevistou 1.100 pessoas cujos dados demográficos eram representativos da população em geral, o signal caller não está com uma imagem muito boa no país.

A pesquisa, feita na semana passada, mostra que Kaepernick é “muito odiado” por 29% dos entrevistados, mais do que qualquer outro dos 350 jogadores que foram objetos do levantamento.

Na lista de jogadores que mais despertam a aversão dos torcedores, Kap ficou à frente do quarterback Jameis Winston (22%), do Tampa Bay Buccaneers, do defensive end Ndamukong Suh (21%), do Miami Dolphins, do quarterback Tom Brady (13%), do New England Patriots, e do quarterback Ben Roethlisberger (10%), do Pittsburgh Steelers.

Em termos gerais, a imagem de Kaepernick é ainda pior para torcedores da NFL. No total, 36% dos entrevistados afirmou não gostar do QB, cerca de 10% a mais do que há dois anos.

Em agosto de 2014, a última vez que essa pesquisa havia sido realizada, Colin Kaepernick era apenas “muito odiado” por 6% dos entrevistados. Vale lembrar que, na época, o quarterback havia liderado os Niners rumo à final da Conferência Nacional (NFC), antes de perder para o Seattle Seahawks.

Enquanto os resultados da pesquisa mostram que Colin Kaepernick não é muito aprovado pela população em geral, muito disso é causado pelo fato de afro-americanos representarem somente 15% da população dos EUA. Entre os afro-americanos, contudo, Kaepernick é extremamente popular e 42% desse grupo afirma que gosta “muito” do quarterback dos Niners, enquanto apenas 2% “não gosta muito” dele.

Há dois anos, somente 16% dos afro-americanos afirmou que gostava “muito” de Kap, enquanto que 3% não gostava muito dele.

A mudança drástica no resultado geral da pesquisa se dá por causa da variação entre o que os caucasianos acham de Kaepernick. Há dois anos, apenas 7% desse grupo étnico afirmaram que não gostavam muito do quarterback dos 49ers, enquanto que, na pesquisa da semana passada, esse número subiu para 37%.

O fato de Kaepernick ter iniciado os protestos aumentou também a popularidade dele em termos de nome. Apenas 24% das pessoas disse que conhecia seu nome há dois anos, enquanto que, agora, 42% dos norte-americanos conhece o quarterback pelo nome.

Comments
NFL, NBA e MLB. Notícias, relatos e colunas. E uma pitada de humor de tiozão. Contato: [email protected]
Copyright © 2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18


Jogue com responsabilidade


To Top