NFL

Coágulo de sangue levou à morte do ex-punter Max Runager

Max Runager, ex-punter da NFL

(Crédito: Twitter/reprodução)

Max Runager, ex-punter do San Francisco 49ers e do Philadelphia Eagles, morreu devido a um coágulo sanguíneo derivado de uma recente lesão, como confirmaram os resultados da autópsia realizada no corpo do ex-jogador.

O médico-legista chefe do condado de Orangeburg disse em entrevista ao ‘The Times and Democrat’ que a lesão de Runager (uma fratura na fíbula, segundo o pai de Max) ocorreu na casa da família, em maio, quando Max tentou se levantar de uma cadeira usando um andador. Ele também cai do telhado da casa dos pais em dezembro, fraturando uma vértebra, e aparentemente ele se recusou a tratar a contusão.

“Ele disse que era um durão da NFL”, disse Geb, pai do ex-jogador, ao ‘The Times and Democrat’, ressaltando que seu filho se recusava a falar sobre as lesões.

O jornal informou que Max Runager foi encontrado morto na última sexta-feira (30) em seu carro, que estava em um estacionamento na Carolina do Sul.

Runager atuou na NFL por 11 temporadas, depois de ser selecionado pelo Philadelphia Eagles na oitava rodada do draft de 1979. Ele passou suas cinco primeiras temporadas na franquia da Pensilvânia, perdendo o Super Bowl na temporada 1980 com os Eagles antes de se mudar para os 49ers, em 1984.

Em sua primeira temporada nos Niners, o time teve campanha de 15 vitórias e uma derrota na temporada regular e acabou conquistando o título com uma vitória por 38 a 16 sobre o Miami Dolphins, no dia 20 de janeiro de 1985.

Max Runager atuou em quatro temporadas em San Francisco e retornou à equipe californiana em 1988, disputando apenas um jogo. Ele também vestiu a camisa do Cleveland Browns durante sua carreira profissional.

Ele encerrou sua carreira com 661 punts e uma média de 40,2 jardas por punt.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top