NFL

Cleveland Browns surpreende e praticamente elimina o Denver Broncos

Baker Mayfield, quarterback calouro do Cleveland Browns

(Crédito: Twitter/reprodução)

Em 1990 eu nem havia nascido ainda. E tinha sido a última vez que o Cleveland Browns derrotou o Denver Broncos. Até a noite deste sábado (15).

Na casa do rival, os Browns estiveram longe de dar show, mas conseguiram uma apertada vitória pelo placar de 17 a 16 e seguem vivos na briga por uma vaga nos playoffs da Conferência Americana (AFC). Já os Broncos se complicam bastante.

Com o resultado, os Browns ficam com campanha 6-7-1. Já os Broncos ficam com 6-8 e, inclusive, são ultrapassados pelo rival da noite.

O quarterback Baker Mayfield, calouro dos Browns, aproveitou que a secundária dos Broncos estava com muitas lesões e teve uma atuação regular. Ele acertou 18 passes de 31 para 188 jardas, dois touchdowns e uma interceptação.

Do lado dos Broncos, o quarterback Case Keenum teve uma noite de sábado para ser esquecida, acertando 31 passes de 48 para 257 jardas e duas interceptações. Ele sofreu dois sacks, incluindo o que acabou com qualquer chance de reação. Ao menos, Keenum anotou um TD corrido.

Os Browns largaram no jogo com touchdown, chegando à end zone logo em sua primeira posse de bola e em apenas quatro jogadas. A campanha de apenas 1min23s de duração foi selada com passe de 31 jardas de Mayfield para Breshad Perriman, deixando o jogo em 7 a 0 após o ponto extra.

Ainda no primeiro quarto, Keenum correu uma jarda até a end zone e deixou tudo igual em 7 a 7.

No segundo quarto, houve um field goal para cada lado e o jogo foi para o intervalo com placar de 10 a 10.

Mas ainda havia muita emoção.

No começo do terceiro quarto, a primeira posse de bola dos Browns, que teve uma campanha longa de mais de nove minutos, terminou em fumble cometido por Baker Mayfield, após um sack, e os donos da casa recuperaram a bola.

Denver aproveitou o turnover forçado e acertou um field goal de 42 jardas com Brandon McManus para ficar em vantagem pela primeira vez no jogo (13 a 10).

No comecinho do último quarto, Keenum foi interceptado por T.J. Carrie, cometeu seu segundo turnover na noite e deu nova vida aos Browns.

Na posse de bola seguinte, Mayfield acertou passe de duas jardas para Antonio Callaway para fechar a campanha com um TD que deixou o jogo em 17 a 13.

Os Broncos tiveram chance em seguida, mas pecaram pela falta de ousadia. Em uma quarta para um da linha de seis jardas do adversário, com menos de cinco minutos restantes, o técnico Vance Joseph topou por mandar McManus ao campo e o FG diminuiu a desvantagem para 17 a 16.

Os Browns então foram avançando no drive seguinte, mas sofreram um turnover on downs e a bola voltou aos mandantes com menos de dois minutos no relógio.

Denver então foi para cima, avançou bem no começo da campanha, mas Keenum foi sackado por Jabrill Peppers com 43s remanescentes e os Browns confirmaram a vitória improvável.

Curiosamente, o head coach interino Gregg Williams tem mais vitórias em seus primeiros seis jogos como técnico dos Browns (quatro) do que o demitido Hue Jackson teve em 40 jogos como head coach em Cleveland (três).

– Texans batem Jets e vencem a décima na temporada

Na partida que foi realizada mais cedo neste sábado, o Houston Texans não teve facilidade, mas derrotou o New York Jets por 29 a 22 e chegou à décima vitória na temporada.

Os Texans ficam com campanha de 10-4 e seguem isolados na liderança da divisão AFC South. Já os Jets têm 4-10 e estão fora da briga pelos playoffs.

O quarterback Deshaun Watson teve uma excelente atuação pelos Texans e fechou o jogo com 22 passes certos de 28 para 294 jardas e dois touchdowns. Ele também correu para 26 jardas.

O wide receiver DeAndre Hopkins foi outro destaque texano, com dez recepções para 170 jardas e dois touchdowns.

Apesar da derrota de seu time, o quarterback calouro Sam Darnold, dos Jets, teve a melhor atuação de sua carreira profissional e fechou a partida com 24 passes precisos de 38 lançados para 253 jardas e dois touchdowns, além de ter corrido para 35 jardas.

Comments
To Top