NFL

Cleveland Browns quer entrevistar Condoleezza Rice; John Dorsey nega

Condoleezza Rice

(Crédito: Twitter/reprodução)

O general manager John Dorsey, do Cleveland Browns, afirmou na semana passada que estava aberto à ideia de contratar uma mulher para ser a próxima técnica do time. E um nome famoso parece estar na lista do time.

Segundo reportagem publicada neste domingo (18) pelo jornalista Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana, os Browns gostariam de entrevistar Condoleezza Rice, ex-Secretária de Estado dos Estados Unidos, para a vaga de head coach.

Se a organização de Ohio seguir com esse plano, Rice seria a primeira mulher na história da National Football League a ser entrevistada para o cargo técnico máximo na liga.

Depois da divulgação do possível interesse dos Browns em Rice, Dorsey emitiu uma nota oficial negando os rumores.

“Nossa busca por técnico será completa e deliberada, mas ainda estamos no processo de composição da lista de candidatos e o nome da Secretária Rice não foi debatido”, afirmou o executivo em comunicado.

Rice também fez uma postagem via Facebook neste domingo, dizendo que, ainda que “não esteja pronta para treinar”, ela “chamaria uma jogada ou duas na próxima temporada caso os Browns precisem de ideias”.

Atualmente com 64 anos de idade, Rice é torcedora dos Browns, paixão que ela desenvolveu ao assistir aos jogos de Cleveland ao lado do pai, na casa da família, em Birmingham, no Alabama.

A ex-Secretária de Estado comparece a alguns jogos do time e foi vista em campo ao lado de Dee e Jimmy Haslam, proprietários dos Browns, no jogo contra o Oakland Raiders no dia 30 de setembro.

O suposto interesse de Cleveland em Rice se dá em uma época na qual as mulheres estão conquistando mais espaço em meio ao esporte masculino profissional. Na NBA, o San Antonio Spurs contratou Becky Hammon como técnica assistente. Já na NFL, o Buffalo Bills contratou Kathryn Smith como assistente de controle de qualidade, o Oakland Raiders trouxe Kelsey Martinez para a equipe de condicionamento e o San Francisco 49ers contratou Katie Sowers como assistente ofensiva.

Uma potencial entrevista dificilmente significa que os Browns vão contratar Rice, mas o time está interessado em conversar com ela sobre o emprego e ver o que ela poderia agregar à organização, segundo uma fonte.

“Ela é uma pessoa incrível”, disse uma fonte ligada aos Browns à ‘ESPN’.

O processo de entrevista pode até levar Rice a se tornar mais envolvida com a franquia, seja em um cargo oficial ou como consultora.

Condoleezza Rice se tornou mais envolvida com esportes, especialmente no nível universitário, desde que foi secretária de Estado do então presidente George W. Bush de 2005 a 2009.

Comments
To Top