NFL

Clay Matthews critica Martellus Bennett: “nós todos sabemos a história”

Clay Matthews, linebacker do Green Bay Packers

(Crédito: Instagram/reprodução)

Dispensado na semana passada pelo Green Bay Packers, Martellus Bennett logo encontrou uma nova casa no New England Patriots e até já jogou com a camisa do time no último Sunday Night Football.

E essa história está toda muito mal contada.

Os Packers cortaram Bennett com a designação de que ele falhou ao não divulgar um problema físico, e então o atleta detonou Green Bay dizendo que precisava de cirurgia e alegando que o médico do time Dr. Pat McKenzie tentou forçá-lo a jogar. Dias depois, ele atuou com a camisa da franquia de Foxborough, mesmo com uma lesão no ombro.

Após tudo isso, o linebacker Clay Matthews, dos Packers, achou graça e deu uma grande alfinetada no ex-companheiro de equipe.

“Nós todos demos uma boa risada com isso. É o que é. Martellus está no vestiário deles agora e não mais aqui. Então, agora estamos apenas focados nos caras que temos aqui”, afirmou o defensor.

Matthews não chegou a dizer com todas as letras que Bennett estava disposto a jogar machucado com Tom Brady, quarterback dos Patriots, mas não com Brett Hundley, quarterback reserva dos Packers. Mesmo assim, o linebacker não perdeu a chance de dar uma boa cutucada.

“Ele pareceu se encaixar e pareceu bem no domingo à noite”, observou. “Você sabe, acho que todo mundo conhece a história lá – não precisamos falar muito mais sobre isso. Como eu disse, estamos focados nos caras que estão neste vestiário, mas é uma história interessante que provavelmente será falada por um tempo”, continuou o camisa 52.

Em seu retorno aos Patriots neste domingo, Bennett fez três recepções para 38 jardas durante a vitória por 41 a 16 sobre o Denver Broncos. Ele havia defendido os Pats na temporada passada, antes de assinar um contrato de três anos com os Packers em março deste ano.

Após o jogo do último domingo, o tight end explicou como conseguiu atuar com a camisa de outro time mesmo com a contusão.

“Eu falei com seis ou sete médicos sobre (a lesão no ombro), e poderia ir em qualquer direção, e era uma dessas coisas que senti que deveria ser consertada. E, então, depois de tentar corrigir e ser dispensado, você fica com aquela vingança em seu coração. Você fica como: ‘tudo bem, é assim que vocês vão fazer isso? Então… vamos jogar bola”, disse Martellus Bennett no domingo.

Clay Matthews, contudo, não parece ter comprado a versão de Bennett e está disposto a seguir em frente.

“Como eu disso, nós todos sabemos a história. Nós temos tight ends mais do que capazes no time e que estão aqui há um bom tempo. Eles estão mais do que preparados para o desafio, qualquer que seja, toda e cada semana”, afirmou o defensor.

Após as críticas de Bennett, Matthews também se juntou a companheiros de time como Jordy Nelson e Aaron Rodgers em defesa do médico Pat McKenzie. O doutor chegou a ser defendido até por ex-jogadores com quem trabalhou.

“Minha experiência foi fantástica com Pat. Eu acho que ele é um excelente médico. Acho que ele coloca nossa saúde à frente da equipe em primeiro lugar. De fato, acho que muitas pessoas o criticaram porque ele é bem conservador. Então eu não colocaria muitos méritos nesses comentários feitos. Acho que realmente fala por si só ouvir a refutação de todos e todos vindo em sua ajuda a esse respeito, em oposição à outra pessoa”, finalizou Matthews.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top