NFL

Classe de DBs impressiona em Indianápolis; veja resumo desta segunda de Combine

Jalen Myrick, cornerback de Minnesota, durante o Combine

Jalen Myrick mostrou grande velocidade nesta segunda (Crédito: Instagram/reprodução)

O último dia de testes do NFL Scouting Combine foi realizado nesta segunda-feira (6), com os defensive backs mostrando suas habilidades, e a classe de jogadores de secundária deste ano mostrou que realmente é muito promissora. E, como sempre, o Quinto Quarto traz um resumo do principal que rolou no Lucas Oil Stadium, em Indianápolis.

De maneira geral, os defensive backs mostraram muita velocidade. Dos 50 DBs que escolheram correr o 40-yard dash, 21 conseguiram tempo abaixo dos 4.5 segundos. No tiro de 40 jardas, o grande destaque foi o cornerback Jalen Myrick, o melhor do dia, que cravou uma marca de 4.28 segundos.

Logo na sequência vieram Fabian Moreau, de UCLA, e Marshon Lattimore, de Ohio State, que conseguiram marcas de 4.35s e 4.36s, respectivamente.

“Há uma tonelada de caras rápidos neste grupo. Eu acho que eles vão mostrar”, falou o safety Jamal Adams, de LSU, antes do teste em que ele fez 4.56s.

O tempo de Myrick empatou o mais rápido por um defensive back desde 2006. Assim, graças ao recorde do wide receiver John Ross, de Washington, foi a primeira vez nos últimos 12 Combines que dois jogadores correram abaixo dos 4.3 segundos, de acordo com o ‘ESPN Stats & Information’.

Em relação a Moreau, ele também fez excelentes marcas no pulo vertical e no pulo horizontal, com 38 e 136 polegadas, respectivamente, e também mostrou bom trabalho de pés nas atividades de posição, impressionando os olheiros e mostrando que é um dos grandes prospectos entre os defensive backs.

Lattimore também conseguiu boas marcas nos saltos vertical (38,5 polegadas) e horizontal (132 polegadas) e causou impacto nesta segunda-feira.

Entre outros nomes que deixaram uma grande impressão nos olheiros estão Jamal Adams, safety de LSU, Adoree’ Jackson, cornerback de USC, e Obi Melifonwu, safety de Connecticut.

Adams teve um desempenho interessante na corrida de 40 jardas, cravando 4.56s, o que serviu para afastar quaisquer dúvidas em relação à sua velocidade. O safety também mostrou boa movimentação nas atividades de posição e deve ser cobiçado pelas equipes.

Jackson teve um tempo muito bom no tiro de 40 jardas, conseguindo 4.42s, e mostrou boa movimentação e habilidade nas atividades de posição, com muita agilidade na mudança de direção, e demonstrou ter boas mãos e instinto natural para buscar a bola. O atleta de USC deve subir posições no draft após suas demonstrações nesta segunda.

Sobre Melifonwu, o safety deu um verdadeiro show nesta tarde. O atleta de Connecticut fez as melhores marcas do combine nos saltos vertical (44 polegadas) e horizontal (141 polegadas), ainda cravando um excelente tempo de 4.40s no 40-yard dash, quinta melhor marca entre defensive backs.

Obi não deixou dúvidas em relação à sua capacidade atlética e o pulo horizontal foi o segundo melhor número do Combine desde 2003, ficando apenas da marca cravada por Byron Jones, DB do Dallas Cowboys, em 2015. Já a marca vertical de 44 polegadas é apenas duas polegadas a menos do que as 46 de Gerald Sensabaugh, em 2005.

O cornerback Gareon Conley, de Ohio State, também fez uma apresentação muito boa para os olheiros. Segundo Daniel Jeremiah, analista do ‘NFL.com’, ele pareceu como uma escolha top 15 do draft de 2017.

Conley conseguiu uma marca de 4.44s na corrida de 40 jardas e ainda demonstrou grande habilidade nos testes de posição.

Entre as decepções da segunda-feira estão os cornerbacks Teez Tabor, de Florida, e Rasul Douglas, de West Virginia.

Tabor conseguiu apenas 4.62s na corrida, algo extremamente decepcionante, e também não pareceu grande coisa nos testes de posição. Já Douglas, que havia ido bem no Senior Bowl, conseguiu apenas 4.59s no 40-yard dash e não encheu os olhos nos testes posicionais.

Tanto Tabor quanto Douglas devem cair posições no draft depois de apresentações com tanta falta de inspiração.

Comments
To Top