NFL

Com Polamalu, Atwater e James, Classe de 2020 do Hall da Fama do Futebol Americano é revelada

Classe de 2020 do Pro Football Hall of Fame

O ex-safety Troy Polamalu (Pittsburgh Steelers), o safety Steve Atwater (Denver Broncos) e o running back Edgerrin James (Indianapolis Colts) foram os destaques da Classe de 2020 do Hall da Fama do Futebol Americano Profissional (Pro Football Hall of Fame – PFHOF).

Completaram o grupo de cinco lendas, que foi anunciado na noite deste sábado (1), no NFL Honors, o guard Steve Hutchinson (Seattle Seahawks/Minnesota Vikings) e o wide receiver Isaac Bruce (Los Angeles/St. Louis Rams).

Além de serem formalmente anunciados durante o NFL Honors, os cinco também serão reconhecidos durante o Super Bowl LIV, neste domingo (1), no Hard Rock Stadium, em Miami.

A cerimônia oficial de entrada será no dia 8 de agosto, em Canton, Ohio, sede do Pro Football Hall of Fame.

Polamalu, que foi oito vezes selecionado para o Pro Bowl e foi o Jogador Defensivo do Ano da NFL em 2010, estava em seu primeiro ano de elegibilidade para o Hall da Fama. Jogadores precisam estar aposentados há, pelo menos, cinco anos antes de estarem elegíveis.

Este foi o 13º ano consecutivo em que um jogador em seu primeiro ano de elegibilidade. E Polamalu é o novo jogador nas últimas quatro classes do Hall da Fama a ser escolhido no primeiro ano de elegibilidade.

Tanto a Classe de 2019 (Champ Bailey, Tony Gonzalez e Andy Reid) quanto a Classe de 2018 (Ray Lewis, Randy Moss e Brian Urlacher) tiveram três atletas escolhidos em seus primeiros anos de elegibilidade.

Os cinco jogadores da era moderna da Classe de 2020 farão companhia aos 15 membros da Classe Centenária, revelada em janeiro, na cerimônia de introdução em Canton.

E alguns membros da Classe Centenária que não foram introduzidos em agosto serão apresentados na celebração de 100 anos da NFL em setembro, também em Canton.

Conheça rapidamente os cinco selecionados para a Classe de 2020 do Hall da Fama:

Troy Polamalu – S – Pittsburgh Steelers (2003 a 2014)

Ele foi um dos membros mais importantes de uma defesa dos Steelers que ganhou dois Super Bowls durante sua época na liga. Polamalu era um dos melhores playmakers dos Steelers.

O safety somou 14 fumbles forçados, sete fumbles recuperados e 32 interceptações em sua trajetória na NFL, além de 770 tackles combinados, 12 sacks e 100 passes defendidos.

Polamalu foi selecionado a oito Pro Bowl, foi quatro vezes ao primeiro time All-Pro e foi eleito o Jogador Defensivo do Ano da NFL em 2010.

Steve Atwater – S – Denver Broncos (1989 a 1998) e New York Jets (1999)

Foi um dos melhores ‘tackleadores’ na liga e ganhou dois Super Bowls com o Denver Broncos.

Atwater fechou sua carreira como oito vezes selecionado ao Pro Bowl e entrou duas vezes para o primeiro time All-Pro.

O safety teve seis temporadas com 100 ou mais tackles e, mesmo com um porte físico avantajado, foi um dos jogadores da posição mais móveis de sua era.

Edgerrin James – RB – Indianapolis Colts (1999 a 2005), Arizona Cardinals (2006 a 2008) e Seattle Seahawks (2009)

Foi eleito o Calouro Ofensivo do Ano da NFL em 1999 e foi o líder em jardas corridas na liga em suas duas primeiras temporadas, com 1.553 jardas em 1999 e 1.709 em 2000.

James teve quatro temporadas com 1.500 ou mais jardas corridas, cinco temporadas com 50 ou mais recepções e fechou a carreira com mais de 15 mil jardas de scrimmage.

Edgerrin James foi um jogador extremamente versátil no ataque dos Colts liderado pelo lendário quarterback Peyton Manning, um futuro Hall of Famer, e tinha muita rapidez, força e visão de jogo.

Steve Hutchinson – G – Seattle Seahawks (2001 a 2005), Minnesota Vikings (2006 a 2011) e Tennessee Titans (2012)

Foi selecionado ao All-Rookie Team da NFL em 2001, tendo sido selecionado a sete Pro Bowls, e foi também membro do All-Decade Team da NFL dos anos 2000.

Nos Seahawks, Hutchinson jogou ao lado do tackle Walter Jones, também membro do Hall da Fama, com quem formou uma das melhores duplas de guard-tackle das últimas três décadas.

Ele é um de 12 offensive linemen da era moderna a ter sido nomeado ao primeiro time All-Pro em cinco oportunidades e, em determinado momento da carreira, Hutchinson teve uma série de 44 jogos sem ter uma falta cometida por ele sendo aceitada. Steve ajudou dois times a terem líderes de jardas corridas na NFL em uma temporada – Shaun Alexander, nos Seahawks em 2005, e Adrian Peterson, nos Vikings em 2008.

Isaac Bruce – WR – Los Angeles/St. Louis Rams (1994 a 2007) e San Francisco 49ers (2008 e 2009)

Quando se aposentou, Bruce era o segundo em todos os tempos, com 15.208 jardas recebidas, sendo que apenas ele e Jerry Rice eram os wide receivers que haviam ultrapassado a marca de 15 mil jardas recebidas na época.

Isaac foi parte fundamental dos Rams que ficaram conhecidos como ‘Greatest Show on Turf’ e, lá, ele faturou um título de Super Bowl e ajudou o quarterback Kurt Warner a ganhar dois prêmios de MVP.

Isaac Bruce foi o primeiro jogador na história da NFL com três jogos consecutivos de, pelo menos, 170 jardas recebidas e ele teve três jogos de mais de 200 jardas na carreira. O wideout finalizou sua carreira com oito temporadas de 1.000 ou mais jardas recebidas, sendo um dos jogadores mais respeitados da liga.

Comments
To Top