NFL

Chuck Pagano fala em trabalhar em 2017 como se estivesse sob contrato de um dia

Chuck Pagano, técnico do Indianapolis Colts

(Crédito: Indianapolis Colts/divulgação)

Chuck Pagano sabe que está na corda bamba. Depois de duas temporadas consecutivas com campanha de oito vitórias e oito derrotas, com o Indianapolis Colts ficando fora dos playoffs, o técnico sabe que precisa vencer em 2017 se quiser manter o seu emprego.

O treinador ainda tem três anos restantes em seu atual contrato, mas ele próprio sabe que não pode relaxar e se dar ao luxo de não ter uma campanha positiva no próximo campeonato.

Pagano ‘sobreviveu’ e não foi demitido em janeiro, quando Jim Irsay, proprietário da franquia de Indiana, resolveu mandar embora o general manager Ryan Grigson. Assim, com o desafeto do técnico longe e Chris Ballard trazendo uma nova mentalidade como novo GM, o head coach sabe que precisa se provar.

“Eu acho que todos nós compreendemos as expectativas que vêm com este emprego. Estamos todos em contratos de um dia. É assim que eu vejo. Vamos trabalhar duro, arregaçar nossas mangas, como sempre fazemos. Cada temporada é diferente, cada time é diferente. Novamente, temos muito trabalho a fazer, uma tonelada. Meu foco é nisso”, falou Pagano durante o NFL Scouting Combine, em sua primeira entrevista desde a demissão de Grigson. “Controle os controláveis. Há coisas que eu posso controlar e há coisas que não posso, então vou me concentrar nas coisas que posso e trabalhar nisso”, prosseguiu.

No dia 2 de janeiro, depois do término da temporada regular de 2016, Pagano declarou que esperava continuar como comandante dos Colts. Porém, Irsay foi dar seu respaldo publicamente apenas três semanas mais tarde, garantindo Pagano como head coach.

Nos últimos anos, Pagano e Ryan Grigson se comunicaram muito mal e houve muita tensão entre os dois, o que foi deteriorando qualquer relação de trabalho. Mas, nesta quinta, Pagano não expressou nenhuma mágoa.

“Eu tenho todo o respeito do mundo por Ryan. Ryan e eu compartilhamos muitos bons momentos e grandes vitórias. Ele é um bom homem e, obviamente, eu desejo a ele e sua família o melhor no futuro. Eu sou grato pela oportunidade, estou grato por estar aqui. Sou grato por ser o técnico principal e por ter outra oportunidade de colocar esta organização e nossa franquia onde ela deve estar”, apontou.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top