NFL

CFL dá sinal verde para Johnny Manziel atuar na liga em 2018

Johnny Manziel

(Crédito: Twitter/reprodução)

A Canadian Football League aprovou Johnny Manziel, ex-quarterback da NFL, para assinar um contrato e poder atuar na liga em 2018. O anúncio oficial foi feito nesta quinta-feira (28).

O Hamilton Tiger-Cats é o time que detém os direitos de Manziel na CFL e a equipe testou o jogador em setembro.

O anúncio feito nesta quinta não significa necessariamente que o quarterback vai atuar na liga de futebol canadense em 2018, mas a decisão da CFL dá aos Tiger-Cats o sinal verde para assinar com o atleta ou então negociar os direitos dele.

A liberação da CFL se deu após meses, nos quais foi realizada uma investigação relacionada ao passado do QB, que chegou a ser acusado por violência doméstica, mas teve as acusações retiradas posteriormente após um acordo com a Justiça dos Estados Unidos.

Os Tiger-Cats têm 10 dias para fazer uma oferta para Manziel ou trocar seus direitos, segundo a liga. Se nada acontecer até o dia 7 de janeiro, o QB será um free agent na CFL.

Randy Ambrosie, comissário da CFL, estava revisando a elegibilidade de Manziel desde que o jogador informou, no meio do ano, aos Tiger-Cats que tinha interesse em jogar no Canadá.

Após o anúncio da CFL, os Tiger-Cats divulgaram um comunicado agradecendo Ambrosie por sua “devida diligência”, mas não deram uma atualização sobre o interesse do time em Manziel.

Pelas regras da CFL, qualquer jogador que está assinando seu primeiro contrato na liga precisa se comprometer por duas temporadas. Então, a menos que ele fosse dispensado pelo time que fechar com ele, Manziel seria pertencente à CFL até o final da temporada 2019, não podendo atuar na NFL neste período.

Em entrevista à ‘ESPN’ norte-americana no começo deste mês, Ambrosie disse que estava impressionado com Manziel após uma reunião particular com o quarterback.

“Ele se representou incrivelmente bem (na reunião). Ele estava pensativo. Eu o achei autêntico e sincero. Eu também senti que ele parece ter chegado a um bom estágio de sua vida. Ele estava falando muito sobre sua família. Agora, devo dizer que é parte do problema. Minha inclinação é no sentido de família. Então, quando estou com alguém lá falando sobre minha família, imediatamente me sinto bem com a conversa”, declarou o comissário da CFL, em visita à ‘ESPN’ dos Estados Unidos. “É exatamente por isso que sentimos por qualquer jogar que teve algum problema no passado. É importante não deixar que os leigos sejam a única parte do processo de tomada de decisão. É por isso que implementamos um processo no qual vamos nos apoiar muito em especialistas que tenham treinamento e habilidades que lhes permitam realmente entender onde alguém está em sua jornada pessoal e poder me dar conselhos sábios”, completou.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top