NFL

Carolina Panthers fecha novo contrato de três anos com defensive end Mario Addison

Mario Addison, defensive end do Carolina Panthers

(Crédito: Twitter/reprodução)

O Carolina Panthers fechou um novo contrato de três anos com o defensive end Mario Addison, o que evita que o atleta se torne um agente livre no dia 9 de março. A organização anunciou o novo acordo neste domingo (26).

Segundo o jornalista Ian Rapoport, do ‘NFL.com’, o contrato tem valor de US$ 22,5 milhões, de acordo com informações de uma fonte. Agora, o defensor tem vínculo com a franquia da Carolina do Norte até a temporada 2019 da National Football League.

“Mario mostrou que ele é um dos melhores pass rushers que surgiram na liga e ele merece este contrato. Ele sempre atrapalha o quarterback (adversário) e nós imaginamos um papel maior para ele em nossa defesa. Ele é um profissional na forma como encara o esporte e traz uma atitude otimista ao nosso vestiário. Estamos muito felizes que ele continuará sua carreira com os Panthers”, declarou Dave Gettleman, general manager do Carolina Panthers, em comunicado oficial.

O jogador mandou um recado após a renovação.

Na temporada 2016, sua sexta na National Football League, Addison somou 9,5 sacks, melhor marca de sua carreira e estatística que liderou o time, além de ter forçado dois fumbles. Seus 22 sacks desde 2014 também representam a maior marca da franquia neste ínterim.

Addison acredita que pode ser um defensive end com capacidade para atuar em todas as descidas, mas ele está aberto a atuar como o time quiser.

“Nós chegamos a um meio termo em um bom acordo que é um negócio muito justo para mim. Eu fiz o meu nome aqui. Cheguei aqui em 2012 e fiz o meu caminho”, ressaltou o defensor. “Para um cara como eu, o céu é o limite. Eu sei alguns truques do ofício. Eu sei o que é preciso para chegar ao quarterback”, frisou.

Mario Addison assinou com os Panthers em dezembro de 2012, quando ele estava no elenco de treinamento (practice squad) do Washington Redskins. Ele entrou na liga como calouro não draftado em julho de 2011, no Chicago Bears, mas foi cortado depois de atuar em apenas quatro partidas da franquia de Illinois.

Addison provavelmente será o primeiro jogador da linha defensiva dos Panthers preste a se tornar free agente que terá uma renovação acertada. O defensive tackle Kawann Short deve ser o próximo a receber um novo contrato ou, pelo menos, a ser marcado com a franchise tag para que a franquia evite que ele chegue ao mercado.

“KK é um bom cara. Tenho certeza que ele vai tomar a melhor decisão”, disse Addison sobre o companheiro Kawann Short.

Comments
To Top