NFL

Cardinals utilizarão a franchise tag em Chandler Jones se necessário; veja as manchetes da terça-feira

Chandler Jones

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– O Arizona Cardinals irá utilizar a franchise tag no pass rusher Chandler Jones caso o time de Phoenix não consiga chegar em um acordo de longo prazo antes do início da free agency. “Chandler Jones não irá para nenhum lugar porque, se precisarmos, nós usaremos a franchise tag”, disse Bruce Arians.

“Nós não vamos errar nisso”, disse o presidente Michael Bidwill se referindo à possibilidade de não manter Jones. “Ele é um grande pass rusher, mas, se não chegarmos em um acordo bom para a gente, vamos apenas usar a tag”.

– O New England Patriots assinou contrato com o fullback Glenn Gronkowski, que é o irmão mais novo do tight end Rob Gronkowski. A franquia de Massachusetts já reassinou três vezes com o irmão de Gronk após contratá-lo para o elenco de treino em outubro.

– Tom Brady não está preocupado com o fato de alguns jogadores dos Patriots não quererem ir à Casa Branca. “Há alguns anos, eu queria ir e não pude por causa do meu calendário. Não fomos avisados até dez dias antes da visita”, disse ele. “É uma grande experiência. Deixando política de lado, isso nunca foi sobre política, pelo menos nunca foi para mim”.

– Greg Olson, treinador dos quarterbacks do Los Angeles Rams, acredita que Jared Goff tem um teto “realmente alto” para o seu segundo ano. “Nada que eu tenha visto até agora me impediu de ter a mesma avaliação. Estou realmente animado para ter uma chance de ficar com ele e ter chance de trabalhar com ele”.

– John Brown, wide receiver do Arizona Cardinals, viu seu tempo de jogo e treino limitados por causa de um problema com células falciformes, mas o presidente do time de Phoenix trouxe uma boa notícia. “Ele está muito saudável”, disse Bidwill.

– Greg Roman, assistente ofensivo do Baltimore Ravens, deixou claro que a franquia de Maryland não irá jogar apenas no jogo terrestre. “Eu não nos classificaria como que nós vamos tentar bater pelo chão. Eu acho que você precisa ter equilíbrio”.

– Robert Meachem, ex-wide receiver dos Saints e Chargers, começou a cumprir prisão de 30 dias por não pagar quase US$ 400 mil em pensão alimentícia e apoio à criança. O ex-jogador de 32 anos pode ser solto quando US$ 100 mil forem pagos a sua ex-esposa.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top