NFL

Cameron Jordan: New Orleans Saints está pronto para ganhar o Super Bowl

Cameron Jordan, defensive end do New Orleans Saints

(Crédito: Twitter/reprodução)

Nada como o otimismo que circula por toda a National Football League meses antes de a temporada começar, não é mesmo? Agora é a vez de ela dar uma passada pela Louisiana.

Contudo, não é por parte de muitos torcedores. E as notícias não ajudam. Nos últimos meses e semanas, os jogadores de linha ofensiva Max Unger e Terron Armstead passaram por cirurgias, o wide receiver Brandin Cooks foi trocado com o New England Patriots e o defensive tackle Nick Fairley está com um problema no coração que vai deixá-lo fora da temporada 2017 e, possivelmente, não permitirá que ele dê sequência à sua carreira profissional.

No lado positivo das coisas, o time trouxe o experiente running back Adrian Peterson e selecionou o versátil Alvin Kamara no draft, adicionando opções ao backfield. O rápido wide receiver Ted Ginn chegou ao time para substituir e o cornerback Marshon Lattimore e o left tackle Ryan Ramczyk chegaram também via draft.

Mas nada que possa abalar a confiança de Cameron Jordan. Para o pass rusher, sua equipe tem todas as condições de brigar pelo título neste ano.

“Nós estamos construindo um time para ganhar um Super Bowl. Não estamos construindo para o futuro. É difícil não acreditar em nosso time. Estamos prontos para ganhar agora”, disse o defensive end a Greg Bishop, escrevendo para o site ‘TheMMQB.com’.

Para o camisa 94 dos Saints, uma das razões para o time sonhar com o Troféu Vince Lombardi é o fato de Drew Brees seguir comandando o ataque.

“Existe um quarterback melhor? Diga-me quantas temporadas de 5.000 jardas foram produzidas na história da NFL”, frisou o defensive lineman.

Sim, houve nove temporadas com um quarterback lançando para 5 mil ou mais jardas na história da National Football League e Brees é responsável por cinco delas. A qualidade do camisa 9 de New Orleans é sim a principal esperança do torcedor para uma caminhada até o grande jogo.

Caso o veterano Adrian Peterson volte aos seus melhores dias, ou próximo disso, o ataque dos Saints ficará ainda mais potente e fará com que o otimismo demonstrado por Cameron Jordan agora em junho não seja motivo de chacota quando a bola oval começar a voar em setembro.

Comments
To Top