NFL

Calvin Johnson: ex-wide receiver Terrell Owens é um Hall of Famer; veja as manchetes da segunda-feira

Terrell Owens, ex-wide receiver da NFL

(Crédito: Twitter/reprodução)

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– Terrell Owens ganhou mais um grande nome ao seu lado quando o assunto é Hall da Fama. Calvin Johnson, ex-jogador do Detroit Lions, fez lobby para Owens em entrevista e disse que o ex-wide receiver merece um lugar em Canton.

“Mão para baixo. Você não pode nomear 10 recebedores (melhores). Você tem que, pelo menos, nomear Terrell Owens em algum momento (desta lista)”,

– Os fãs do futuro Las Vegas Raiders poderão apostar a partir de seus celulares no estádio de US$ 1,9 bilhão que está sendo construído na cidade do pecado. A única maneira de isso não acontecer é a NFL conseguir persuadir as autoridades de Nevada a mudarem sua política.

Na semana passada, as autoridades de Las Vegas aprovaram por unanimidade o contrato de arrendamento condicional para os Raiders e os proprietários da NFL devem ratificar o acordo nesta semana.

– O Chicago Bears irá mudar a posição de Kyle Long pela terceira temporada consecutiva. De acordo com fontes do ‘Chicago Tribune’, Long será deslocado para left guard para permitir que Josh Sitton possa atuar como right guard.

– O Washington Redskins continuam engajados na renovação de contrato do quarterback Kirk Cousins e o presidente Bruce Allen está otimista apesar de um acordo precisar sair até o dia 15 de julho. Caso contrário, será necessário que a temporada do time da capital se encerre para as duas partes voltarem a conversar. “Tem havido um diálogo constante. Eu não quero dizer que isso é todo dia. Eu acredito que a data limite de 15 de julho será a força motriz, mas isso está em curso”.

– Meses após demitir Scot McCloughan, o Washington Redskins permanece sem um general manager, mas o presidente Bruce Allen atualizou a situação do cargo, “Nós nos reunimos com mais de uma dúzia de pessoas de fora da organização, falamos com pessoas da organização. Estamos perto de ter uma definição”.

– O general manager Les Snead afirmou que o Los Angeles Rams está em um estágio “sério” da negociação contratual com o defensive tackle Aaron Donald, que não compareceu no primeiro dia de OTAs, o que fez surgirem especulações de que ele estava lesionado ou não participando por motivos contratuais. Snead ainda acrescentou que os Rams sabiam que Donald não compareceria.

– Após ter sua temporada encerrada por causa de um rompimento no ligamento cruzado anterior, Giovani Bernard, running back do Cincinnati Bengals, deverá ter carga de trabalho limitada nas OTAs. Apesar de não parecer grande coisa, isso coloca o atleta de 25 anos na direção certa para não começar a temporada na lista de jogadores incapacitados de jogar.

– O quarterback Josh Dobbs assinou seu contrato de calouro com o Pittburgh Steelers.

– Gerald Hodges, linebacker agente livre, está visitando os Bills e os Giants, respectivamente na segunda e terça-feira. Já o defensive end Devin Taylor se reuniu com os Giants e vai se reunir com os Jaguars, respectivamente, na segunda e terça-feira.

– O Jacksonville Jaguars assinou contrato com os cornerbacks Tyler Patmon e Brian Dixon, enquanto dispensou o wide receiver Bryan Walters.

– Marshawn Lynch, running back do Oakland Raiders, conseguiu reunir entre 300 e 400 pessoas para um comício de bicicleta em Oakland, sua cidade natal.

– Al Toon, ex-estrela dos Jets que se aposentou prematuramente em 1992 por causa de concussões, está processando uma mulher no Wisconsin por danos inespecíficos por sua negligência em um acidente de carro de 2014 que agravou sua síndrome permanente pós-concussão. Segundo a ação, a mulher não parou em uma placa de pare e colidiu em alta velocidade.

Comments
To Top