NFL

C.J. Anderson: “eu sou o running back mais descansado” na NFL

C.J. Anderson, running back do Los Angeles Rams

(Crédito: Twitter/reprodução)

O running back C.J. Anderson não esteve empregado durante boa parte da temporada 2018 da National Football League. E, curiosamente, isso agora é motivo de comemoração para o atleta.

Agora no Los Angeles Rams, o camisa 35 está a uma partida de disputar um Super Bowl e ele sabe que pode contribuir bastante contra o New Orleans Saints, na final da Conferência Nacional (NFC), por ainda ter muito fôlego graças ao tempo extra de folga forçada que ele teve durante a temporada.

Atualmente no que é a 20ª semana da temporada, Anderson sente-se como um jogador que ainda nem chegou a semana de bye.

“Eu sou o running back mais descansado na liga. Eu não vou dizer que eles ainda estão frescos, mas eu estou mais fresco do que Mark, Alvin e Todd, com certeza”, disse Anderson, mencionando os running backs Mark Ingram e Alvin Kamara, dos Saints, e Todd Gurley, seu companheiro de equipe nos Rams.

Dispensado pelo Denver Broncos na offseason, Anderson fechou com o Carolina Panthers na sequência e disputou nove jogos com a organização da Carolina do Norte antes de ser cortado. Nos Panthers, ele correu apenas 24 vezes para 104 jardas e fez uma recepção de 24 jardas para touchdown.

Em seguida, ele assinou com o Oakland Raiders, mas nem entrou em campo antes de ser cortado novamente. Foi então que surgiu a oportunidade nos Rams. Assim, ele carregou a bola apenas 90 vezes (em 130 snaps ofensivos) durante a temporada 2018 até agora.

Para efeito de comparação, Gurley carregou a bola 272 vezes em 835 snaps totais ao longo de 15 jogos até agora no campeonato. E Kamara correu com a bola 210 vezes em 726 snaps totais. Já Ingram teve 147 corridas em 369 snaps.

Em resumo: a vantagem de Anderson em termos de descanso nesta altura da temporada é mais do que evidente.

“Eu acho que ajuda muito. Eu já joguei mais de 1.000 snaps, 600-700 snaps nesta liga e, quando você chega a este ponto da temporada, você começa a oscilar de volta e eu estou lá fora voando no treino, sendo apenas uma criança, me divertindo. Eu pareço mais rápido do que todo mundo, parte disso porque estou descansado”, finalizou.

As pernas ‘frescas’ de C.J. Anderson ficam ainda mais evidentes nesta parte da temporada pela maneira como ele ataca os buracos abertos pela linha ofensiva e pela intensidade com a qual ele corre.

Dito isto, os Saints terão muito mais com o que se preocupar além de Gurley no backfield ofensivo dos Rams.

Comments
To Top