NFL

Buscando novo contrato, Branden Albert não comparece ao início das OTAs dos Jaguars

Branden Albert, offensive tackle do Miami Dolphins

(Crédito: Twitter/reprodução)

O left tackle Branden Albert, do Jacksonville Jaguars, não compareceu nesta segunda-feira (17) ao início do programa voluntário de condicionamento da offseason do time. A informação foi dada em primeira mão pela ‘NFL Network’.

O jogador de linha ofensiva está querendo um novo contrato, segundo o jornalista Ian Rapoport, e o não comparecimento é uma forma de ele mandar um recado para o time.

Branden Albert, que foi adquirido pelos Jaguars em março, em uma troca com o Miami Dolphins, ainda tem dois anos remanescentes no contrato de cinco anos que ele assinou com a franquia da Flórida em 2014. Esse acordo incluía US$ 26 milhões garantidos, valor que foi pago de 2014 a 2016.

O camisa 76 agora está programado para faturar US$ 8,875 milhões em 2017 e US$ 9,575 milhões em 2018, mas ele deseja uma renovação mais lucrativa.

Para adquirir o jogador, os Jaguars mandaram uma escolha de sétima rodada do draft de 2018 para os Dolphins.

O tackle de 32 anos de idade não atua em todos os 16 jogos de uma temporada desde 2011 e, nas últimas cinco temporadas, ele perdeu 20 jogos, incluindo quatro no ano passado.

Selecionado na primeira rodada do draft de 2008 pelo Kansas City Chiefs, com a 15ª escolha geral, Branden Albert atuou na franquia do Missouri em suas seis primeiras temporadas na NFL e defendeu os Dolphins nos últimos três anos.

Vale lembrar que os atletas não têm obrigação de comparecer ao programa de condicionamento físico da offseason e nem às OTAs, já que são atividades voluntárias. As primeiras duas semanas são limitadas às atividades de condicionamento e força e apenas os preparadores físicos podem estar presentes no campo.

Os atletas só podem permanecer em campo por 90 minutos e só podem permanecer nas instalações do time por, no máximo, quatro horas por dia.

Comments
To Top