NFL

Buffalo Bills não está planejando cortar o quarterback Tyrod Taylor

Tyrod Taylor, quarterback do Buffalo Bills

(Crédito: Twitter/reprodução)

O Buffalo Bills parece não estar disposto a se livrar de Tyrod Taylor. Como noticiou o jornalista Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, na edição desta quinta (22) do programa NFL Up To The Minute Live, a franquia não tem planos de cortar o quarterback.

“Neste ponto, não parece que eles vão cortá-lo sem saber quem será seu substituto. Os Bills estão OK em pagar um bônus de elenco de US$ 6 milhões para mantê-lo na equipe”, declarou Rapoport.

Há tempos circula a ideia de que os Bills vão se livrar de Taylor, seja dispensando ou trocando o quarterback de 28 anos de idade. E ainda que a ideia de envolvê-lo em uma troca seja possível, o time não pretende simplesmente cortar seu quarterback titular, segundo Rapoport.

Taylor deve faturar um roster bonus no valor de US$ 6 milhões no terceiro dia do novo ano da liga, que começa em 14 de março. O quarterback deve faturar um salário-base de US$ 10 milhões em 2018.

Na temporada passada, o camisa 5 aceitou uma reestruturação de contrato, mas ele declarou recentemente que não está aberto a essa possibilidade novamente.

Antes da semana 11 da temporada regular de 2017, o técnico Sean McDermott optou por mandar Taylor para o banco de reservas e usar o inexperiente calouro Nathan Peterman como titular. O experimento não deu certo, com o novato lançando cinco interceptações em dois quartos de jogo, e Taylor recuperou seu posto de titular.

Não só ele voltou a ser titular como liderou os Bills em sua primeira classificação aos playoffs nos últimos 17 anos. E isso parece ter feito o quarterback ganhar uma sobrevida na franquia.

Taylor, contudo, vem desagradando há tempos com certos aspectos de seu jogo desde que ele assumiu a titularidade, em 2014. O QB não explora muitas vezes seu wide receivers como deveria e já deixou inúmeras vezes de fazer lançamentos para recebedores desmarcados, falhas graves para signal callers titulares na NFL.

Vale ressaltar também que uma possibilidade é os Bills estarem dando a entender que não pretender trocar Taylor para ver se alguém ‘morde a isca’ e oferece escolhas de draft pelo quarterback. Afinal, há times desesperados por um QB como Denver Broncos, New York Jets e Cleveland Browns, entre outros.

Porém, os Bills também podem estar analisando realmente a possibilidade de manter Tyrod Taylor no elenco para que ele sirva como mentor para um jovem quarterback selecionado no draft, por exemplo.

Certo é que teremos que esperar as próximas semanas para ver qual será o destino de Taylor.

Comments
To Top