NFL

Bruce Irvin muda discurso e diz que amaria ficar em Seattle

(Crédito: Instagram/reprodução)

(Crédito: Instagram/reprodução)

Há algumas semanas, Bruce Irvin, do Seattle Seahawks, declarou que desejaria jogar pelo Atlanta Falcons em 2016, causando assim um grande mal-entendido. Neste sábado (6), entretanto, o jogador adotou um discurso bem diferente.

Durante um football camp que ele participou na Califórnia juntamente com seus companheiros Bobby Wagner, linebacker dos Seahawks, e Omar Bolden, safety do Denver Broncos, voltado para mais de 400 crianças com idades entre 7 e 15 anos, Irvin mudou o tom.

“Eu tenho um ano remanescente (em contrato). Eu amaria estar em Seattle. Esse foi o time que me deu a chance quando ninguém quis. Muitas pessoas me disseram que eu não era uma escolha de primeira rodada, mas Pete (Carroll) e John (Schneider) deram uma chance para mim. Então, como eu disse, eu amaria ficar aqui. Eu estive trabalhando duro, vou chegar e ter o melhor ano da minha carreira no ano que vem”, declarou o defensor, em entrevista concedida a Tony Garcia, do NFL Media.

No mês passado, o Seattle Seahawks resolveu não exercer a opção pelo quinto ano de contrato de Bruce Irvin e gerou uma insatisfação no jogador. Agora, entretanto, o linebacker parece estar disposto a mostrar seu valor já que, na próxima offseason, ele será agente livre.

Em maio, Ian Rapoport, do NFL Media, noticiou que os Seahawks desejam que Irvin jogue até o final de seu contrato de novato e, após a temporada 2015, caso o jogador atue em um nível mais alto, acertar um novo acordo de longa duração.

Nos últimos dois anos, o Seattle Seahawks acertou renovações de contrato com Kam Chancellor, Richard Sherman, Earl Thomas e Marshawn Lynch e, assim, a franquia terá que fazer milagre para manter seus próximos agentes livres em casa na próxima offseason sem arrebentar com o limite salarial.

Comments
To Top