NFL

Bruce Arians provavelmente vai se aposentar do cargo de head coach

Bruce Arians, treinador dos Cardinals

(Crédito: Instagram/reprodução)

O técnico Bruce Arians, do Arizona Cardinals, deve se afastar do futebol americano após a temporada 2017 da NFL, que termina neste domingo (31). Apesar disso, ele ainda não informou o time de seus planos de aposentadoria.

A informação foi apurada pelo jornalista Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana.

Outra fonte disse ao jornalista Jim Trotter, também da ‘ESPN’, que Arians vai tomar sua decisão após conversar sobre a situação com sua esposa depois do último jogo da temporada contra o Seattle Seahawks.

Duas vezes eleito o Técnico do Ano da NFL pela ‘Associated Press’, Arians soma 48 vitórias, 30 derrotas e um empate no comando dos Cardinals até agora.

Arians comandou os Cards a três campanhas positivas em seus três primeiros anos no cargo e levou o time a duas classificações seguidas aos playoffs em 2014 e 2015, com uma ida até a final da Conferência Americana (AFC).

Apesar disso, a franquia de Glendale ficou fora da pós-temporada nos últimos dois anos, muito por conta de lesões envolvendo jogadores importantes como o quarterback Carson Palmer, o running back David Johnson, o tackle Jared Veldheer, o guard Mike Iupati e o safety Tyrann Mathieu, entre outros.

Atualmente com 65 anos de idade, Arians é um dos técnicos mais velhos de toda a NFL e ele enfrentou vários problemas de saúde durante seu trabalho em Arizona. O head coach foi hospitalizado com agosto de 2016 com sintomas de diverticulite e passou por uma cirurgia em fevereiro deste ano para remover um tumor em seu rim.

Dúvidas relacionadas ao estado de saúde de Arians levaram a especulações nos últimos meses sobre o futuro do head coach na franquia. Porém, Arians disse publicamente que gostaria de seguir trabalhando nos Cardinals e, mais recentemente, ele se disse “um pouco cansado” de responder perguntas sobre seu futuro.

Em julho, Bruce Arians disse que ao menos gostaria de trabalhar até o final de seu contrato, que vai até a temporada 2018 e inclui uma opção do time para 2019.

Antes de ser contratado pelos Cardinals, em 2013, Arians foi assistente ofensivo na NFL por muitos anos. Ele conquistou uma grande reputação e respeito na liga por seus trabalhos com quarterbacks como Peyton Manning e Andrew Luck, no Indianapolis Colts, e Ben Roethlisberger, no Pittsburgh Steelers.

Arians também foi head coach interino dos Colts e liderou o time em uma sequência de nove vitórias e três derrotas em 2012, quando acabou sendo nomeado o Técnico do Ano pela ‘Associated Press’. Naquele ano, ele estava substituindo Chuck Pagano, que foi afastado do time para enfrentar um tratamento contra um câncer.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top