NFL

Broncos trocam Emmanuel Sanders com 49ers; veja mais movimentações na NFL

Emmanuel Sanders, wide receiver do Denver Broncos

O Denver Broncos trocou o wide receiver Emmanuel Sanders com o San Francisco 49ers nesta terça-feira (22). A troca foi confirmada de maneira oficial pela franquia do Colorado.

Os Niners mandaram escolhas de terceira e quarta rodadas do draft de 2020 para os Broncos, que também incluíram uma escolha de quinta rodada do draft de 2020 juntamente com Sanders no acordo.

“Obviamente, é difícil sempre que você termina. (…) Tivemos uma grande trajetória aqui em Denver, muitos ótimos times”, falou Sanders à ‘KCNC-TV’, enquanto deixava as instalações da equipe enquanto o treinamento começava.

Sanders também acrescentou que estava pronto para “sair para San Fran e mostrar meus talentos”.

John Elway, general manager dos Broncos, disse aos repórteres em uma teleconferência nesta terça que Sanders havia pedido ao time para trocá-lo.

“Quando olhamos para isso, Emmanuel tinha problemas e nós tínhamos problemas e é por isso que foi um bom momento para seguir em direções diferentes”, frisou o executivo.

Atualmente com 32 anos de idade, Sanders fez 30 recepções para 367 jardas e dois touchdowns em sete jogos com a camisa dos Broncos na temporada 2019. Essa foi a sua sexta temporada na organização de Denver.

Duas vezes selecionado para o Pro Bowl em sua carreira, Sanders sofreu uma ruptura no tendão de Aquiles durante um treino, em dezembro do ano passado, e também passou por cirurgia no tornozelo direito em janeiro. Contudo, ele teve uma recuperação formidável e participou normalmente do training camp a partir do meio de agosto.

Agora, ele se junta a um grupo de WRs dos 49ers que inclui os titulares Dante Pettis e Marquise Goodwin.

Selecionado pelo Pittsburgh Steelers na terceira rodada do draft de 2010, Sanders soma 565 recepções para 7.391 jardas e 39 touchdowns até agora em 134 partidas de temporada regular na carreira profissional.

De 2014 a 2016, ele produziu três temporadas consecutivas com mais de 1.000 jardas recebidas.

Emmanuel Sanders está saindo de um time 2-5, que está nas últimas colocações da divisão AFC West e, aparentemente, está pensando agora em reformulação, e vai para um dos únicos times ainda invictos na temporada 2019. Os Niners somam seis vitórias em seis jogos e estão no topo da NFC West.

Confira mais trocas, transações e notícias de lesões nesta terça (22) na NFL:

– O Detroit Lions trocou o safety Quandre Diggs e uma escolha de sétima rodada do draft de 2021 com o Seattle Seahawks em troca por uma escolha de quinta rodada do draft de 2020. A informação foi apurada por Tom Pelissero, da ‘NFL Network’, nesta terça.

Veterano que está em seu quinto ano na NFL e tem três anos remanescentes em seu acordo assinado com os Lions há apenas uma temporada, Diggs foi titular em cinco dos seis jogos de Detroit neste ano. Ele perdeu apenas a derrota para o Green Bay Packers na semana 6.

Ao longo de suas mais de quatro temporadas em Detroit, Diggs foi titular em 40 dos 65 jogos disputados, somando três interceptações e, pelo menos, oito passes defendidos em cada uma das últimas duas temporadas.

Diggs se junta a uma secundária emergente dos Seahawks que tem talentos como Shaquill Griffin, Tre Flowers, Marquise Blair, Tedric Thompson e Bradley McDougald.

Já em uma notícia do departamento médico dos Lions, o running back Kerryon Johnson foi colocado na injured reserve depois de passar por um procedimento cirúrgico no joelho direito nesta terça, na esperança de que possa retornar nesta temporada.

Johnson lesionou o joelho durante a primeira metade da derrota por 42 a 30 para o Minnesota Vikings, no último domingo. Ele não voltou ao jogo. Indo para a IR significa que ele terá que ficar afastado por, pelo menos, oito jogos. E o mais cedo que ele poderá retornar é no meio de dezembro.

– O New England Patriots se movimentou antes do prazo final para trocas, na próxima terça, e acertou uma troca com o Atlanta Falcons para adquirir o wide receiver Mohamed Sanu. Como compensação, os Pats mandam uma escolha de segunda rodada de draft para a franquia da Geórgia.

Os Pats já haviam tentado adquirir Sanu durante o draft deste ano, mas os Falcons não aceitaram na época, segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. Agora, com a temporada em Atlanta basicamente perdida, tudo mudou.

Nesta temporada, Sanu soma 33 recepções para 313 jardas e um touchdown até o momento. E, agora, ele terá q chance de ajudar um candidato a Super Bowl.

A troca foi fechada menos de 24h depois de os Patriots passarem o trator sobre o New York Jets, com uma vitória por 33 a 0 que trouxe o time para uma campanha de 7-0.

Em oito temporadas na NFL até agora, Sanu soma 377 recepções para 4.300 jardas e 25 touchdowns.

Em outra notícia dos Patriots, a equipe está contratando o special teamer Justin Bethel, como noticiou Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. Veterano que está entrando em sua oitava temporada na NFL, Bethel foi cortado pelo Baltimore Ravens na última segunda, após apenas sete jogos em sua primeira temporada na franquia de Maryland.

– No Washington Redskins, o running back Adrian Peterson disse que uma motivação extra e muito trabalho com a comissão técnica são os motivos pelos quais ele vai jogar no Thursday Night Football desta semana contra o Minnesota Vikings.

Peterson disse à jornalista Josina Anderson, da ‘ESPN’ norte-americana, que ele sofreu uma entorse de grau 1 na parte superior do tornozelo e uma entorse de grau dois na parte inferior do tornozelo durante a derrota para o San Francisco 49ers, no último domingo.

O RB passou por uma ressonância magnética na última segunda, mas disse aos repórteres que planeja jogar na partida que abre a semana 8 da NFL.

Peterson, que correu para 81 jardas em 20 carregadas contra os Niners, lesionou o tornozelo ao cometer um fumble durante a derrota por 9 a 0.

E ele deseja muito enfrentar sua ex-equipe: “é claro, é claro que dá (uma dose extra de adrenalina). Se fosse qualquer outro time, eu estaria apenas motivado, mas não tanto. Claro que quero jogar contra Minnesota. Eu estive lá por 10 anos; 98% dos caras da defesa, eu joguei com aqueles caras”.

– O New York Giants contratou o linebacker Deone Bucannon, ex-Tampa Bay Buccaneers. O defensor de 27 anos de idade encontra uma nova casa apenas duas semanas após ser dispensado pelos Bucs.

Bucannon vai se reencontrar com James Bettcher, seu treinador de linebackers e coordenador defensivo na época de Arizona Cardinals (2014 a 2017). Bettcher está em seu segundo ano como coordenador da defesa dos Giants.

Com os Cardinals sob comando do head coach Bruce Arians, Bucannon foi selecionado na primeira rodada do draft de 2014. Depois que o contrato de calouro do LB terminou após a temporada 2018, Bucannon se juntou novamente a Arians em Tampa Bay sob contrato de um ano. Mas o linebacker foi cortado no dia 9 de agosto, após apenas cinco jogos e seis snaps defensivos no total.

– No Minnesota Vikings, o técnico Mike Zimmer disse que o wide receiver Adam Thielen (músculo posterior da coxa) tem chances de jogar no Thursday Night Football contra o Washington Redskins.

“Vamos ver mais amanhã. Ele está melhorando rápido”, disse o head coach.

O jornalista Tom Pelissero, da ‘NFL Network’, apurou que o recebedor avançou bem na recuperação nos dois dias desde que sofreu a contusão e Thielen está “extremamente esperançoso” de que poderá entrar em campo. Oficialmente, o WR não treinou nesta terça.

Em outra notícia dos Vikings, o time dispensou o cornerback Marcus Sherels. Atualmente com 32 anos de idade, o special teamer esteve em Minnesota nas 10 temporadas de sua carreira.

– O Houston Texans pode melhorar ainda mais a sua secundária, já que o cornerback E.J. Gaines visitou a franquia texana nesta terça, segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. Gaines soma 38 jogos como titular em sua carreira e, agora, está completamente saudável, como acrescenta Rapoport.

Os Texans também anunciaram a dispensa do tight end Logan Paulsen.

– O Kansas City Chiefs anunciou a promoção do quarterback Kyle Shurmur do elenco de treinamento (practice squad) para o elenco ativo de 53 jogadores.

Shurmur, um calouro, é filho de Pat Shurmur, técnico do New York Giants. E a decisão de promovê-lo se dá em meio à recuperação do titular Patrick Mahomes de uma lesão no joelho e a ascensão momentânea de Matt Moore ao posto de titular.

Os Chiefs também anunciaram a contratação do defensive tackle Mike Pennel e que o wide receiver De’Anthony Thomas e o defensive end Terrell McClain foram dispensados. O defensive tackle Braxton Hoyett foi adicionado ao practice squad.

– No Tampa Bay Buccaneers, o pass rusher Jason Pierre-Paul trouxe uma atualização sobre seu retorno de lesão no pescoço, dizendo: “tudo está bom agora. Estou no caminho certo. Tenho muito trabalho a fazer em um curto período de tempo”.

JPP se juntou aos seus companheiros de equipe nesta terça para o primeiro treino coletivo desde que sofreu uma fratura no pescoço em um acidente de carro ocorrido na offseason.

– O Philadelphia Eagles está testando o defensive lineman Datone Jones nesta terça, segundo Mike Garafolo, da ‘NFL Network’. Jones é um ex-jogador dos Packers, selecionado na primeira rodada do draft pela franquia de Green Bay.

Dion Jordan, selecionado com a terceira escolha geral do draft de 2013 pelo Miami Dolphins, estará elegível para retornar de sua suspensão de 10 jogos por violar a política de substâncias para melhoria de desempenho da NFL e o defensive end recebeu interesse de um “punhado” de times, segundo Tom Pelissero, da ‘NFL Network’. Jordan jogou pela última vez com a camisa do Seattle Seahawks, em 2018, atuando em 12 partidas.

– O Jacksonville Jaguars fechou com o linebacker Malcolm Smith nesta terça. Smith, que foi MVP do Super Bowl XLVIII, foi cortado pelo San Francisco 49ers em agosto, após duas temporadas marcadas por lesões na Califórnia.

– O San Francisco 49ers dispensou o long snapper Garrison Sanborn, como anunciou a equipe.

– O Tennessee Titans anunciou que recontratou o defensive lineman Matt Dickers e dispensou o outside linebacker Derick Robinson.

– O Chicago Bears anunciou a contratação do defensive lineman Brent Urban e a dispensa do defensive lineman Jonathan Harris.

– O Los Angeles Chargers chegou a um acordo com o defensive tackle Sylvester Williams, como anunciou a agência que representa o atleta.

Comments
To Top