NFL

Brock Osweiler não vai atuar neste sábado e ainda pode ser trocado pelos Browns

Brock Osweiler, quarterback do Cleveland Browns

(Crédito: Twitter/reprodução)

O Cleveland Browns anunciou que o calouro DeShone Kizer será o titular do time na partida deste sábado (26), contra o Tampa Bay Buccaneers, válido pela semana 3 da pré-temporada da NFL. E, além disso, o veterano Brock Osweiler não vai entrar em campo neste final de semana, como confirmou o jornalista Tom Pelissero, da ‘NFL Network’, com fontes.

Além de manter Osweiler fora para poder poupar o veterano para o caso de Kizer não jogar bem e, assim, não ser nomeado titular para a semana 1, o Cleveland Browns ainda parece estar bem aberto à possibilidade de trocar Osweiler, como apurou o jornalista Jeremy Fowler, da ‘ESPN’ norte-americana.

O Cleveland Browns adquiriu Brock Osweiler em março, em uma troca fechada com o Houston Texans apenas para adquirir a escolha de segunda rodada do draft de 2018 oferecida pelos texanos. Imediatamente após a chegada de Osweiler, os Browns tentaram trocá-lo e até se ofereceram a pagar metade do salário garantido de US$ 16 milhões do quarterback referente à temporada 2017.

O técnico Hue Jackson anunciou nesta quarta que Kizer seria o titular no jogo contra os Bucs e ainda afirmou que o calouro originário de Notre Dame está “está certamente se posicionando bem para conquistar a vaga de titular para a temporada regular”.

Porém, enquanto a disputa ainda não acabou oficialmente, Osweiler se recusa a abaixar a cabeça. Nesta quarta, o camisa 17 disse que não tem “absolutamente nenhum arrependimento” sobre como lidou com a briga por posição e ainda observou sobre a disputa com Kizer.

“Até onde eu sei, ainda está aberta”, falou.

“Eu disse a vocês o tempo todo, sempre vou me concentrar nas coisas que posso controlar. Neste momento, isso é ser um grande companheiro de equipe, é continuar a me preparar, ser um profissional, permanecer estudando o playbook e continuar a me esforçar para ser um jogador melhor a cada dia”, ressaltou. “Nosso general manager e nosso head coach, eles decidem que joga e quanto joga. Como jogadores, tudo o que podemos fazer é aproveitar ao máximo a oportunidade”, prosseguiu.

Questionado sobre o que teria que acontecer para ele ficar com a vaga de titular para a semana 1 da temporada regular, Osweiler limitou-se a dizer: “eu acho que é uma grande pergunta para nosso general manager”.

Enquanto isso, Kizer celebrou a chance de ser titular na noite de sábado, em Tampa, caracterizando a oportunidade como “incrível”.

“Agora tem a ver com o que posso fazer lá, competir e ter o sucesso que tive nos últimos jogos”, pontuou.

Comments
To Top