NFL

Brett Favre visita o Philadelphia Eagles na véspera do Super Bowl LII

Brett Favre, ex-quarterback da NFL

(Crédito: Twitter/reprodução)

Brett Favre manteve sua mensagem para os jogadores do Philadelphia Eagles de jogar de forma “despreocupada e alegre” quando se dirigiu a eles na véspera do Super Bowl LII. No entanto, o ex-quarterback falou sério quando falou sobre o que era necessário para bater o MVP Tom Brady, o head coach Bill Belichick e o New England Patriots na noite de domingo.

“Conhecemos os Patriots. São uma equipe formidável. Seu quarterback é o melhor que já jogou. Bill Belichick é o melhor treinador da história. Você sabe o que eles são. Eles vão jogar todo a partida. Nunca diga, como no ano passado: ‘nós ganhamos’. Isso não é uma boa ideia”.

Favre claramente fez uma referência ao Super Bowl LI, quando o Atlanta Falcons abriu vantagem de 28 a 3, mas acabou cedendo a virada na prorrogação por 34 a 28.

Doug Pederson já havia antecipado que Brett Favre iria se encontrar com os jogadores do Philadelphia Eagles. O head coach era membro da equipe do Green Bay Packers de 1996 que derrotou o New England Patriots no Super Bowl XXXI. Na última offseason, Pederson surpreendeu quando afirmou que o time da Pensilvânia tinha tanto talento quanto ou mais do que aqueles Packers, que contava com os Hall of Famers Favre e Reggie White.

“Somos companheiros de equipe há quase dez anos. O meu sucesso como jogador da NFL é parte devido à nossa conexão e amizade. Ele era como meu segundo par de olhos e confiei nele tremendamente. Então, quando Doug me convidou, eu ri. Mas quando percebi que era real, fiquei honrado”.

“Eu os felicitei pelo ano que tiveram. É um ano maravilhoso e apenas os incentivei a aproveitar o momento. Você sempre acha que vai voltar após ter uma chance, mas é uma honra jogar o Super Bowl. Simplesmente abrace isso. Eu disse a eles: ‘provavelmente é algo que eu deveria ter contado há duas semanas, mas estas são as duas semanas mais longas da sua vida”.

Comments
To Top