NFL

Brandon Marshall e Darrelle Revis se envolvem em briga durante treino dos Jets

(Crédito: Twitter/reprodução)

(Crédito: Twitter/reprodução)

O clima esquentou nesta sexta-feira (5) no New York Jets. O wide receiver Brandon Marshall e o cornerback Darrelle Revis se confrontaram durante a atividade, discutindo de forma mais acalorada e o recebedor até acertou um golpe no companheiro.

Os dois trocaram insultos durante a atividade e as coisas ficaram mais críticas quando Marshall recebeu um passe de 80 jardas para touchdown, gritando para Revis logo depois. O cornerback, que estava se preparando para a próxima jogada, tomou uma pancada de Marshall com a mão aberta na proteção de ombro.

Segundo Rich Cimini, da ‘ESPN’ norte-americana, uma das provocações utilizadas por Marshall foi fazer um comentário sobre DeAndre Hopkins, wide receiver do Houston Texans, contra Revis, depois que o cornerback sofreu para marcar o recebedor na temporada passada, em um dos piores jogos da carreira do camisa 24. O jornalista ainda notou que o wideout não calou a boca.

Kimberly Jones, jornalista do ‘NFL.com’, notou também que os dois discutiram depois de disputarem uma bola no ar. Quando Marshall perguntou a Revis se ele estava OK, o defensor devolveu: “dê o fora daqui” (de uma forma mais ríspida, digamos assim).

Os companheiros de equipe apaziguaram o confronto depois que o clima ficou mais pesado, mas Brandon Marshall e Darrelle Revis continuaram a se provocar no restante da atividade.

Depois do treinamento, Marshall afirmou ter ficado irritado depois que Revis deu uma pancada em seu rosto mais cedo no treino, durante um exercício de 1 contra 1, e acusou o cornerback de ter feito comentários pessoais que “saíram do campo”. Já Revis preferiu não conversar com os jornalistas nesta sexta.

O wide receiver admitiu que a situação “foi longe demais” por causa dos momentos acalorados entre os dois, mas frisou que “há uma linha tênue entre futebol americano e ser um homem”. Marshall também frisou que os dois estão bem e elogiou bastante Darrelle Revis, dizendo que ele é o melhor de todos os tempos na sua posição.

Marshall ainda deixou claro que ele e Revis são muito próximos e que são grandes parceiros. Para o recebedor, foi um incidente isolado.

Foi o primeiro treinamento completo de Darrelle Revis desde sua cirurgia no punho realizada na offseason.

Todd Bowles, técnico do New York Jets, minimizou completamente a situação depois do treino.

“Ambos chegaram ao ponto em que estavam fazendo jogadas e não recuando. Nenhum jogador vai recuar. Nós gostamos da competitividade deles, mas você tem que manter as coisas limpas e, na maior parte, eles fizeram”, disse o head coach.

O treinador até chegou a dizer que apreciava ouvir Marshall proferindo insultos, notando que os jogadores precisam “usar todos os meios necessários quando estão em campo”.

“Eu amo isso. É futebol americano. Nós não estamos aqui julgando um concurso de beleza. Você quer alguns jogadores que são mais esquentados”, observou.

Vale lembrar que, na última quinta-feira (4), os ânimos também ficaram exaltados no treino do Seattle Seahawks e o defensive end Michael Bennett acabou sendo expulso do treino pelo técnico Pete Carroll.

Por mais que seja sempre estranho ver companheiros de equipe brigando, é algo até que normal nos training camps. Todo mundo está competindo por posição e a disputa é sempre acirrada em um esporte altamente competitivo como o futebol americano. Nada que uma boa conversa no vestiário não seja suficiente para aparar as arestas.

Comments
To Top