NFL

Bradford comete erro fatal nos segundos finais e Lions batem Vikings com field goal

Matthew Stafford, quarterback do Detroit Lions

(Crédito: Twitter/reprodução)

Detroit Lions (7-4) 16 x 13 Minnesota Vikings (6-5)

– Fator de desequilíbrio: em um jogo tão parelho, acabou pesando de forma decisiva o único turnover da partida, uma interceptação lançada por Sam Bradford nos segundos finais que custou o jogo para o Minnesota Vikings

– Destaque Quinto Quarto do jogo: Darius Slay – o cornerback do Detroit Lions foi o responsável por interceptar Sam Bradford nos segundos finais e a jogada foi determinante para a vitória do time da casa.

– Análise geral dos Lions: a equipe mandante não brilhou muito ofensivamente, com Matthew Stafford fazendo uma partida nada mais do que regular, mas a defesa apareceu em um momento-chave e assegurou a liderança da NFC North para o time.

– Análise geral dos Vikings: a defesa até que conseguiu pressionar Matthew Stafford em vários momentos na partida, mas o ataque produziu pouco e a falha de Stafford pesou completamente no resultado final.

– Resumo da partida

O Detroit Lions recebeu a bola para começar o jogo no Ford Field e abriu o confronto do Dia de Ação de Graças em excelente ritmo. Logo em sua primeira campanha ofensiva, que durou quase oito minutos, os donos da casa chegaram ao touchdown, que saiu em passe de duas jardas de Matthew Stafford para Anquan Boldin, deixando o placar em 7 a 0 depois do extra point.

O Minnesota Vikings respondeu logo na sequência e, também em um drive longo, de mais de 6min30s de duração, o time empatou o jogo com TD que saiu em corrida de cinco jardas do running back Matt Asiata. Extra point foi bom e o placar terminou em 7 a 7 no primeiro quarto. A campanha dos Vikings teve emoção, já que o quarterback Sam Bradford sofreu fumble e foi interceptado, mas as jogadas foram anuladas, uma por revisão dos árbitros e outra por falta defensiva.

Os drives seguintes dos dois times terminaram em punts e, mais adiante no segundo quarto, duas campanhas (uma de cada lado) fecharam com turnover on downs, já que tanto Lions quanto Vikings arriscaram quartas descidas e não converteram. O placar só foi alterado em mais uma oportunidade na primeira metade do embate, em field goal de 29 jardas convertido por Matt Prater, a 6min49s do intervalo, e os Lions foram para os vestiários vencendo por 10 a 7.

O Minnesota Vikings foi o único time a alterar o placar no terceiro quarto, com um field goal de 30 jardas convertido por Kai Forbath, lance que deixou o jogo empatado em 10 a 10. E, no começo do último quarto, a 12min42s do término da partida, Forbath voltou a ser preciso, desta vez em um chute de 28 jardas, e deixou os Vikings em vantagem pela primeira vez no confronto.

A 1min49s do final do jogo, Matt Prater acertou um field goal de 48 jardas a favor do time de Detroit e empatou o jogo em 13 a 13. Porém, o jogo estava longe de ir para a prorrogação.

Na terceira jogada da campanha seguinte dos Vikings, Bradford foi muito mal em um passe na direção de Adam Thielen e foi interceptado pelo cornerback Darius Slay, que levou a bola até a linha de 20 jardas do campo de ataque.

Com excelente posição de campo, o Detroit Lions ajoelhou uma vez para queimar cronômetro, pediu tempo e mandou o kicker Matt Prater a campo para chutar um field goal de 40 jardas e vencer o jogo para os donos da casa de maneira emocionante.

– Estatísticas dos principais jogadores:

Detroit Lions

Matthew Stafford – 23 passes certos de 40 para 232 jardas e um touchdown.

Anquan Boldin – sete recepções para 69 jardas e um touchdown.

Darius Slay – uma interceptação, quatro tackles e um passe desviado.

Minnesota Vikings

Sam Bradford – 31 passes certos de 37 para 224 jardas e uma interceptação.

Kyle Rudolph – nove recepções para 64 jardas.

Comments
NFL, NBA e MLB. Notícias, relatos e colunas. E uma pitada de humor de tiozão. Contato: [email protected]
Copyright © 2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18


Jogue com responsabilidade


To Top