NFL

Blake Bortles está focado em melhorar suas mecânicas durante a offseason

Blake Bortles, quarterback do Jacksonville Jaguars

(Crédito: Instagram/reprodução)

O quarterback Blake Bortles, do Jacksonville Jaguars, passou os últimos dois meses trabalhando na 3DQB, na Califórnia, com seus treinadores de passe para melhorar suas mecânicas e corrigir erros que fizeram seu desempenho cair em 2016.

Como o signal caller está mantendo suas atenções nisso, ele afirma não estar preocupado com a possibilidade de a franquia exercer ou não a opção pelo quinto ano de seu contrato de calouro para mantê-lo ou não na equipe em 2018. Mas ele sabe que 2017 é um ano realmente importante.

“É enorme. É tão grande como vocês querem que seja, mas independentemente disso nós temos que estar aqui no dia 10 de abril (para o condicionamento de offseason) e temos que aparecer para o training camp em agosto e, eventualmente, vão começar os jogos de futebol americano, então acho que tudo isso é irrelevante”, declarou Bortles, antes do segundo Blake Bortles Foundation Celebrity Golf Tournament. “Estou confiante com o que fiz nesta offseason e que eu vou ser capaz de vir ajudar este time a ser tão bom quando podemos ser. Tudo o que diz respeito ao contrato, isso é com eles. Eu estou ansioso para jogar futebol americano”, prosseguiu.

O Jacksonville Jaguars tem até o dia 3 de maio para decidir se vão exercer a opção pelo quinto ano de contrato do camisa 5. Se a organização optar por isso, o salário de 2018 do jogador será a média dos 10 quarterbacks mais bem pagos, ou seja, US$ 20,7 milhões. Ele é garantido em caso de lesão até o primeiro dia no novo ano da liga em 2018, quando ele se torna completamente garantido.

Dave Caldwell, general manager dos Jaguars, observou que o time ainda tem trabalho de avaliação a fazer antes de se comprometer a exercer a opção.

“Bem, eu acho que assim como com tudo o que fizemos do final da temporada até agora, temos muitas impressões dos nossos treinadores, temos as OTAs, temos minicamps, temos muitas coisas entre agora e esse momento para ver onde ele está, mas não acho que qualquer decisão será tomada até mais perto de maio”, ressaltou o dirigente.

O prazo para exercer a opção pelo quinto ano de contrato vem antes de Bortles poder se mostrar na temporada 2017. No ano passado, ele não teve grande desempenho e acertou 58,9% de seus passes para 3.905 jardas e 23 touchdowns, com 16 interceptações.

O quarterback foi prejudicado também por um problema na junta acromioclavicular, lesão que foi agravada posteriormente, e lidou também com uma tendinite bem dolorida no punho direito.

As mecânicas do QB claramente estavam ruins. O trabalho de pés estava sendo mal feito e, nos lançamentos, Blake estava levando a bola abaixo da linha da cintura e bem atrás do corpo, o que aumentava a quantidade de tempo entre sua decisão de lançar e o ato de soltar a bola. Foi por isso que ele foi para a Califórnia trabalhar com o especialista Adam Dedeaux.

“A primeira coisa em que nos concentramos foi, provavelmente, o que tomo mundo acharia, apenas tentando deixar o lançamento mais justo, fazendo isso o mais rapidamente possível. Então, nunca deixando realmente o punho ficar abaixo do cotovelo, tentando manter isso paralelo e não caindo. Então esse foi, provavelmente, o foco principal e, então, apenas alguns ajustes aqui e ali em coisas diferentes”, explicou Bortles. “Não levou muito tempo para consertar, mas a primeira semana não foi bonita, não parecia bom e isso é uma parte disso. Quando você está tentando mudar as coisas, não vai ser ótimo, mas fomos capazes meio que de tirar isso e agora está indo bem”, completou.

A 3DQB utilizou seu Twitter para publicar um vídeo em que Blake Bortles aparece fazendo um lançamento e seu movimento parece realmente mais ajustado e compacto.

De acordo com Bortles, sua ‘entrega’ está “mais eficiente e mais rápida”.

Comments
To Top