NFL

Bill O’Brien admite que poderia ter pedido tempo para que jogada fosse revisada

Bill O'Brien, técnico do Houston Texans

(Crédito: Twitter/reprodução)

O técnico Bill O’Brien, do Houston Texans, esclareceu nesta segunda-feira (10) seus comentários pós-derrota para o New England Patriots depois de um lance polêmico do adversário.

Com menos de dois minutos remanescentes no segundo quarto da derrota por 27 a 20 para os Pats, no último domingo, o quarterback Tom Brady lançou um passe longo para o tight end Rob Gronkowski e o lançamento de 28 jardas foi considerado completo.

Gronk recebeu o passe com marcação dupla, mas foi ao chão com a bola.

Segundo a súmula do jogo, o árbitro Tony Corrente disse que os Patriots fizeram a próxima jogada antes que o escritório da NFL em Nova York pudesse solicitar uma revisão. Como restavam menos de dois minutos no segundo quarto, O’Brien não podia desafiar a jogada.

“A situação foi que Nova York entrou em contato conosco. Entretanto, infelizmente, eles não conversaram com os árbitros de campo antes que a próxima jogada tivesse começado. Você não pode desafiar depois do snap”, afirmou Corrente.

Depois da partida, O’Brien disse: “não é meu trabalho pedir um tempo para tornar o trabalho deles (árbitros) mais fácil”.

E, nesta segunda, o head coach dos Texans disse que pensou em usar um pedido de tempo para dar a chance de Nova York de fazer o pedido para revisar a jogada. No entanto, o treinador ressaltou que não queria correr o risco de parar o relógio para os Patriots caso a jogada não fosse anulada.

“Eu acho que a desvantagem para mim naquele momento foi que, se eu peço um tempo e fosse uma recepção, isso dá a Brady, Josh (McDaniels) e Bill (Belichick) um pouco mais de tempo para ver o que eles querem fazer na sequência. E eu senti que não queria fazer isso. Eu queria deixar o relógio correr e foi isso que decidi fazer. Certo, errado ou indiferente, foi o que decidi fazer”, pontuou.

O’Brien disse que do campo – e posteriormente do que ele viu na gravação dos treinadores – pareceu que Gronkowski fez a recepção.

“Ele subiu, agarrou, manteve as duas mãos embaixo. Agora, em relação a alguns ângulos de TV e alguns outros ângulos de vídeo que eu vi, talvez fosse questionável. Mas, do ponto de vista dos treinadores na gravação dos treinadores, pareceu uma recepção para mim”, analisou.

Cinco jogadas mais tarde, Brady lançou um passe para touchdown de quatro jardas recebido pelo wide receiver Phillip Dorsett, dando uma vantagem de 21 a 6 a favor dos Patriots.

“Eu sei que posso pedir um tempo (naquela situação). Essa foi a minha decisão com base no que me foi dito lá de cima e, então, do que eu vi da linha lateral e foi assim que decidi lidar com isso. Se tivesse a chance de ver de oito ângulos diferentes, certamente eu teria pedido um tempo para ver se, ao menos, eles se agitavam para dar uma olhada na jogada”, falou. “Mas eles não fizeram isso, eu não fiz isso e foi exatamente o que aconteceu, e acabamos cedendo um touchdown no final do primeiro tempo que não ajudou a nossa causa”, finalizou Bill O’Brien.

Comments
To Top