NFL

Bill Belichick se esquiva e reitera que Butler não era parte do plano de jogo

Bill Belichick, técnico do New England Patriots

(Crédito: Twitter/reprodução)

Bill Belichick, head coach do New England Patriots, continua mantendo em segredo os motivos pelos quais o cornerback Malcolm Butler não foi a campo no Super Bowl LII. O treinador de 65 anos foi convidado, nesta segunda-feira, a se explicar aos fãs após a derrota por 41 a 33 para o Philadelphia Eagles.

“Agradeço a pergunta, mas seria uma discussão muito mais longa. Há muitas coisas que levaram a isso. No final, a decisão é o que eu disse que era”, declarou Bill Belichick, que depois do jogo de domingo havia afirmado: “nós colocamos o melhor: os jogadores e o plano de jogo que nós pensamos que seriam a melhor opção para essa noite como sempre fazemos”.

O fato de Malcolm Butler não ter sido parte do plano de jogo foi uma grande surpresa, uma vez que ele atuou em 97,8% dos snaps defensivos durante a temporada regular. Na derrota para os Eagles, o cornerback ficou limitado a participações nas equipes especiais.

Após da partida, Butler afirmou que a franquia de Massachusetts “desistiu” dele e que ele “poderia ter mudado o jogo”.

“Respeito a competitividade de Malcolm e tenho certeza de que ele sentiu que poderia ter ajudado. Tenho certeza que outros jogadores se sentiram da mesma maneira. No final, temos que tomar as decisões que achamos ser as melhores para a equipe e é isso que fizemos”, finalizou Bill Belichick.

Comments
To Top