NFL

Bill Belichick não coloca Khalil Mack no mesmo patamar de Lawrence Taylor

Khalil Mack, defensive end do Chicago Bears

(Crédito: Twitter/reprodução)

O técnico Bill Belichick, do New England Patriots, tem ficado impressionado com o outside linebacker Khalil Mack, do Chicago Bears, nesta temporada. Apesar disso, sua admiração pelo pass rusher tem limites.

Quando perguntado nesta quarta-feira (17) se Mack está lá em cima do ranking ao lado de Lawrence Taylor, membro do Hall da Fama do Futebol Americano Profissional (PFHOF), Belichick pareceu quase ofendido com a pergunta.

“Espere um minuto, estamos falando de Lawrence Taylor agora”, falou o head coach dos Patriots, que vão enfrentar os Bears no domingo. “Eu não estou colocando ninguém na classe de Lawrence Taylor. Coloquem todo mundo abaixo disso. Com todo o respeito a muitos bons jogadores, estamos falando sobre Lawrence Taylor”, observou.

Posteriormente, no Twitter, Taylor escreveu: “o que ele disse!!”.

A admiração de Belichick por Taylor, que ele treinou durante seu tempo como coordenador defensivo do New York Giants nos anos 1980, já é bastante conhecida.

Taylor atuou por 13 temporadas na NFL e somou 132,5 sacks, sendo nove vezes selecionado para o time All-Pro neste período. Ele entrou para o Pro Football Hall of Fame em 1999.

Isso não quer dizer que Belichick não ache que Mack é um jogador de primeira linha. E o pass rusher é uma das principais preocupações dos Patriots neste final de semana.

Em cinco jogos com a camisa dos Bears, que estão com campanha 3-2, Mack soma cinco sacks, quatro fumbles forçados e uma interceptação retornada para touchdown.

“Ele é grande, forte e rápido. Ele tem muito poder. Ele faz um bom trabalho de power-rushing, e ele é rápido o suficiente para ter uma vantagem. Ele tem grande consciência de buscar a bola, então ele faz um bom trabalho de dar tackle no quarterback quando ele tem que dar o tackle nele, mas se ele tem a chance de tirar a bola, ele tem boa consciência e pode arrancá-la”, afirmou Belichick sobre Mack.

Matt Nagy, técnico dos Bears, listou Mack como dia-a-dia nesta quarta devido a uma lesão no tornozelo direito sofrida na derrota por 31 a 28 para o Miami Dolphins, na prorrogação. Mack machucou o tornozelo no começo da partida, mas atuou com o problema e esteve em campo em 62 dos 78 snaps defensivos de Chicago no confronto.

Comments
To Top