NFL

Big Ben está fora da temporada e Drew Brees perderá algumas semanas; veja boletim de lesões

Ben Roethlisberger, quarterback do Pittsburgh Steelers

O torcedor do Pittsburgh Steelers tomou um golpe enorme nesta segunda-feira (16). O quarterback titular Ben Roethlisberger passará por cirurgia em seu cotovelo direito e perderá o restante da temporada 2019 da National Football League, como anunciou o técnico Mike Tomlin.

Em um comunicado divulgado pela franquia, o head coach observou que o astro vai passar pelo procedimento cirúrgico em algum momento nesta semana, após passar por uma ressonância magnética na noite do último domingo, horas depois da derrota para o Seattle Seahawks.

Os Steelers, que vão colocar Big Ben na injured reserve, ainda não deram detalhes sobre a contusão e não há um cronograma em relação a quando o QB, seis vezes selecionado ao Pro Bowl, conseguirá voltar a jogar.

Big Ben emitiu uma nota horas após a notícia da lesão ser confirmada.

“Isso é chocante e devastador para mim, perder essa temporada e sentir que estou decepcionando tantas pessoas. Só posso confiar no plano de Deus, mas estou completamente determinado a enfrentar esse desafio e voltar mais forte do que nunca na próxima temporada”, declarou Roethlisberger em comunicado. “Os Steelers se comprometeram comigo por três anos nesta temporada e pretendo honrar meu contrato e recompensá-los com um jogo de nível de campeão. Farei tudo o que puder para apoiar Mason (Rudolph) e o time nesta temporada para ajudar a ganhar jogos. Amo esse esporte, meus companheiros de equipe, a organização e os fãs dos Steelers, e sinto em meu coração que tenho muito a dar”, finalizou.

Roethlisberger se lesionou no final do segundo quarto da derrota por 28 a 26 para os Seahawks, segurando o cotovelo depois de tentar um passe na campanha ofensiva final do time na primeira metade de partida.

Na ausência de Big Ben, o quarterback Mason Rudolph, que está em seu segundo ano na liga, quase liderou os Steelers a uma virada no último quarto logo em seu primeiro jogo na NFL. O camisa 2 acertou 12 passes de 19 para 112 jardas, dois touchdowns e uma interceptação.

E isso traz um pouco de alívio para os apoiadores de Pittsburgh.

Agora, os Steelers, que iniciaram o ano com campanha decepcionante de 0-2, vão se apoiar no quarterback selecionado na terceira rodada do draft de 2018 para tentarem dar a volta por cima.

Atualmente com 37 anos de idade, Ben Roethlisberger é o líder da história da franquia em jardas de passe e passes para touchdown, tendo comandado os Steelers em duas campanhas que culminaram em títulos de Super Bowl.

Na temporada passada, sua 15ª na liga, o camisa 7 liderou a NFL com 5.129 jardas passadas e, em março deste ano, ele assinou uma extensão de contrato que vai até a temporada 2021.

O wide receiver JuJu Smith-Schuster, principal recebedor da equipe, tweetou nesta segunda que ficou “triste ao ouvir a notícia” da lesão de Big Ben.

Em uma notícia relacionada à lesão de Big Ben, Pittsburgh promoveu Devlin Hodges do elenco de treinamento (practice squad).

Mas o dia não foi apenas de notícias ruins no DM dos Steelers. O running back James Conner disse à rádio ’93.7 The Fan’ que ele está confiante de que estará pronto para jogar no domingo, quando os Steelers pegam o San Francisco 49ers. Conner perdeu a reta final da derrota para os Seahawks com um problema no joelho.

Confira mais notícias de lesões nesta segunda (16) movimentada ao redor da NFL:

– O New Orleans Saints também não teve boas notícias envolvendo seu quarterback. Drew Brees deve passar por cirurgia no polegar nesta semana e o procedimento deve mantê-lo afastado por cerca de seis meses. A informação foi confirmada pelos jornalistas Ian Rapoport, da ‘NFL Network’, e Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana.

Brees soube na noite do último domingo, pouco depois da derrota dos Saints para o Los Angeles Rams, que ele precisava de um procedimento cirúrgico para dano ligamentar, como apurou Chris Mortensen, também da ‘ESPN’. O camisa 9 dos Saints apenas estava decidindo quem faria a cirurgia e quando.

O técnico Sean Payton, dos Saints, disse em uma teleconferência nesta segunda que Brees estava buscando uma segunda opinião. O head coach frisou que não há mais informação para divulgar neste momento.

Payton se recusou a responder às perguntas “hipotéticas” sobre Brees não jogar e acrescentou: “vamos ter um plano de qualquer maneira”.

“Tomara que as notícias sejam boas e que o período de tempo, se houver algum, em que ele estiver fora seja mais curto do que longo. Mas isso é parte do nosso esporte”, frisou Payton, ainda dizendo que esse tipo de adversidade é “meio que a natureza da nossa liga às vezes”.

Os Saints não indicaram se pretendem colocar Brees na injured reserve, o que abriria um espaço no elenco, mas exigiria que o astro ficasse afastado por oito semanas pelo menos.

Agora, os Saints apostam em Teddy Bridgewater, reserva mais bem pago da NFL, com contrato de US$ 7,25 milhões. E a equipe também tem o versátil quarterback Taysom Hill no elenco.

Atualmente com 40 anos, Brees perdeu apenas um jogo como titular desde o colegial e foi quando ele foi descartado para um jogo contra o Carolina Panthers, na semana 3 da temporada 2015, devido a uma lesão no ombro. A ausência de Brees vai encerrar uma sequência de ser titular em pelo menos 15 jogos em 15 temporadas consecutivas – segunda maior série do tipo, atrás apenas de Brett Favre, segundo o ESPN Stats & Information.

Os Saints também estão colocando o linebacker Alex Anzalone (ombro) na injured reserve, mas ele é um candidato a voltar mais adiante nesta temporada.

– No Dallas Cowboys, o wide receiver Michael Gallup provavelmente passará por uma cirurgia de artroscopia no joelho e o procedimento deve deixá-lo afastado por um período entre duas e quatro semanas, segundo Todd Archer, da ‘ESPN’. Gallup está buscando uma segunda opinião antes que uma determinação final seja realizada em relação à operação. Apesar disso, o procedimento pode ser realizado já nesta terça.

Gallup sofreu a lesão durante o último quarto da vitória por 31 a 21 sobre o Washington Redskins, no último domingo. E, embora houvesse otimismo em relação à contusão logo depois da partida, exames mais detalhados realizados nesta segunda mostraram um problema na cartilagem.

Em dois jogos nesta temporada, Gallup lidera os Cowboys com 13 recepções para 226 jardas.

– No Los Angeles Chargers, o safety Adrian Phillips fraturou seu antebraço no último domingo, durante a derrota para o Detroit Lions, e ele deve ficar afastado por tempo indeterminado, segundo Adam Schefter, da ‘ESPN’.

Phillips estava substituindo o safety lesionado Derwin James, que sofreu uma fratura por estresse no pé direito que exigiu cirurgia durante o training camp no mês passado. Assim, a lesão de Phillips é mais um problema enorme para a secundária de L.A.

– No New England Patriots, o left tackle Isaiah Wynn sofreu uma lesão no dedo do pé no último domingo e deve passar por uma ressonância magnética nesta segunda. A informação é de Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. A gravidade da contusão ainda não é conhecida, mas o problema pode tirá-lo de alguns jogos.

Wynn saiu de campo durante a vitória por 43 a 0 sobre o Miami Dolphins depois de atuar em apenas 11 snaps ofensivos e não retornou.

– No Philadelphia Eagles, o defensive tackle Tim Jernigan sofreu uma aparente fratura no pé durante a derrota para o Atlanta Falcons, no Sunday Night Football, segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. Ele deve ficar afastado por um mês pelo menos.

Também nos Eagles, o running back Corey Clement (ombro) passou por uma ressonância magnética nesta segunda e deve ficar fora por uma semana ou duas, como acrescenta Rapoport.

Já os wide receivers Alshon Jeffery (panturrilha) e DeSean Jackson (virilha), e o tight end Dallas Goedert (panturrilha) também se lesionaram no SNF, mas o técnico Doug Pederson disse aos repórteres que não tem atualizações sobre os status das gravidades dessas respectivas lesões.

Rapoport posteriormente acrescentou que Jeffery está lidando com uma distensão na panturrilha. A contusão não é considerada algo grave, mas Rapoport acrescenta que o status de Jeffery para as semanas 3 e 4 está em xeque.

– No Kansas City Chiefs, o running back LeSean McCoy sofreu uma lesão no tornozelo no último domingo e passará por uma ressonância magnética para que a gravidade da contusão seja detectada, de acordo com Ian Rapoport, da ‘NFL Network’.

– No Los Angeles Rams, o tight end Tyler Higbee foi inicialmente diagnosticado com uma lesão no peito, mas depois de ser encaminhado ao hospital como precaução, foi determinado que ele sofreu uma lesão no pulmão, o que o levou a tossir sangue, segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. Higbee deve ficar afastado por algum tempo, mas o problema não é considerado significativo.

O técnico Sean McVay acrescentou que Higbee e right guard Austin Blythe (tornozelo) vão ser avaliados dia a dia até o duelo da semana 3.

– No Tennessee Titans, o quarterback Marcus Mariota foi listado como estando fora devido a uma contusão no quadríceps, segundo o relatório de treino estimado desta segunda, já que os Titans não treinaram.

– No Arizona Cardinals, o running back David Johnson teve seu punho examinado e está tudo bem, segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. Johnson lesionou o local no jogo de domingo contra o Baltimore Ravens, mas voltou à partida.

– No Green Bay Packers, o técnico Matt LaFleur disse aos repórteres que o safety Raven Greene (tornozelo) ficará fora do confronto na semana 3 contra o Denver Broncos.

– No Indianapolis Colts, o cornerback Pierre Desir não deve ficar afastado por muito tempo, se é que ficará afastado, após passar por exames em seu joelho lesionado, de acordo com Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. Ele sofreu uma contusão óssea durante a vitória sobre o Tennessee Titans, no último domingo.

O técnico Frank Reich disse que o linebacker Darius Leonard está no protocolo de concussão, após que os sintomas surgiram depois da vitória sobre os Titans.

– No Buffalo Bills, o técnico Sean McDermott disse que o time ainda está buscando informações sobre o running back Devin Singletary (músculo posterior da coxa), que foi listado como dia a dia.

– No Oakland Raiders, o técnico Jon Gruden disse aos repórteres que o running back Josh Jacobs está lidando com um problema na virilha e o wide receiver Tyrell Williams está com um problema no quadril.

– No Atlanta Falcons, o técnico Dan Quinn disse que os testes saíram “limpos” em relação à lesão no joelho do offensive tackle Kaleb McGary. O calouro saiu na primeira metade da vitória do time sobre o Philadelphia Eagles, no Sunday Night Football, mas voltou no último quarto.

– No San Francisco 49ers, o técnico Kyle Shanahan confirmou aos repórteres que o left tackle Joe Staley vai perder de seis a oito semanas da temporada. Staley sofreu uma fratura na fíbula durante a vitória de domingo sobre o Cincinnati Bengals.

– O Cleveland Browns colocou o quarterback Drew Stanton na injured reserve com uma lesão no joelho, segundo Ian Rapoport, da ‘NFL Network’. O plano de Stanton é que a temporada 2019 seja a sua última e ele continuará a ser mentor para Baker Mayfield.

No MNF, o tight end David Njoku sofreu uma concussão em uma queda estranha sofrida no primeiro quarto da vitória sobre o New York Jets e não voltou para o restante da partida.

– O New York Jets promoveu o quarterback Luke Falk do elenco de treinamento e ele será o reserva de Trevor Siemian no Monday Night Football desta noite contra o Cleveland Browns. O QB passou a temporada 2018 no Miami Dolphins, mas não disputou um jogo sequer.

E, por falar em Falk, ele teve que entrar nesta noite. E por um péssimo motivo.

Trevor Siemian se lesionou no segundo quarto, depois de tomar uma pancada dada pelo defensive end Myles Garrett, dos Browns. A contusão foi bem feia, o tornozelo parecia ter quebrado, mas Siemian saiu andando de campo. Os Jets confirmaram posteriormente que Siemian não retornaria.

Trevor Siemian, que é titular enquanto Sam Darnold está afastado, vai passar por uma ressonância magnética na manhã desta terça para que a gravidade da contusão seja conhecida, como confirmou Ian Rapoport, da ‘NFL Network’.

Em outras notícias do DM dos Jets, o wide receiver Demaryius Thomas atuou nesta segunda, mas foi descartado na segunda metade da partida devido a uma lesão no músculo posterior da coxa. Já o linebacker Jordan Jenkins sofreu uma contusão na panturrilha no primeiro quarto da derrota para os Browns e não voltou.

Comments
To Top