NFL

Cincinnati Bengals dispensa Dre Kirkpatrick; veja boletim

Dre Kirkpatrick, cornerback do Cincinnati Bengals

O Cincinnati Bengals está seguindo na reformulação da sua secundária e o time dispensou o cornerback Dre Kirkpatrick nesta terça-feira (31), como confirmou a franquia de Ohio de maneira oficial.

“Dre fez parte da organização Bengals por muitos anos e demonstrou paixão, energia e competitividade dentro e fora do campo. Agradecemos suas muitas contribuições à equipe e à comunidade ao longo dos anos e desejo a ele o melhor daqui para a frente”, disse o técnico Zac Taylor, do Cincinnati Bengals, em nota oficial.

Selecionado na primeira rodada do draft de 2012, Kirkpatrick foi uma figura fixa na secundária defensiva dos Bengals nas últimas oito temporadas. Em sua carreira profissional até agora, ele somou 10 interceptações, 65 passes defendidos e 302 tackles.

Atualmente com 30 anos de idade, ele disputou seis jogos na temporada 2019 antes de ir para a injured reserve com uma lesão no joelho.

Os Bengals têm dado uma atenção especial à secundária nesta offseason. O time contratou os cornerbacks Trae Waynes e Mackensie Alexander, ambos ex-Minnesota Vikings, e também adicionou o safety Vonn Bell, ex-New Orleans Saints.

E, com tais contratações, o contrato pesado de Kirkpatrick se tornou dispensável. A equipe salva US$ 8,29 milhões no salary cap com a dispensa e leva US$ 2,8 milhões em dinheiro ‘morto’, segundo o ‘OverTheCap.com’.

Confira mais movimentações ao redor da NFL nesta terça (31):

– O Jacksonville Jaguars aplicou a franchise tag no defensive end Yannick Ngakoue nesta offseason e, de maneira imediata, ele se tornou um candidato a ser trocado pela franquia. Ao que parece, alguns times têm demonstrado interesse em adquirir o pass rusher.

O jornalista Mike Garafolo, da ‘NFL Network’, apurou nesta terça que os Jaguars já foram contatados por vários times sobre a possibilidade de trocar o defensor.

As coisas devem esquentar conforme o draft se aproximar, no final de abril.

O próprio jogador aproveitou a notícia de Garafolo para expressar novamente seu desejo de respirar novos ares.

Tua Tagovailoa finalmente está liberado. O ex-quarterback de Alabama (e um dos principais prospectos para o draft de 2020) avançou consideravelmente em sua recuperação de cirurgia no quadril. Tanto que Chris Cabott, presidente da Steinberg Sports & Entertainment, empresa que representa Tagovailoa, se mostrou confiante o suficiente para afirmar que o QB está totalmente pronto.

“Tua está totalmente liberado e pronto para competir sem restrições”, disse Cabott ao jornalista Eric Edholm, do ‘Yahoo Sports’.

Tagovailoa passou no quarto exame médico em seu quadril operado, no começo deste mês, e postou um vídeo na semana passada no qual aparece com movimentação fluida.

– O Seattle Seahawks resolveu limpar um pouco mais a sua folha salarial e anunciou as dispensas do tight end Ed Dickson e o safety Tedric Thompson.

Os cortes vão abrir um pouco mais de US$ 5 milhões no salary cap dos Seahawks, segundo o ‘OverTheCap’, sendo US$ 3 milhões desse total apenas com o corte de Dickson.

Atualmente com 32 anos, o tight end atuou em apenas 10 jogos dos Seahawks em duas temporadas, perdendo toda a temporada 2019 da NFL depois de passar por uma cirurgia no joelho no meio do ano. O futuro de sua carreira na NFL é incerto, com ele tendo ido duas vezes à injured reserve nos últimos dois anos.

Já Thompson, de 25 anos de idade, foi selecionado na quarta rodada do draft e disputou 29 jogos em três temporadas, somando 80 tackles, cinco passes defendidos e três interceptações.

Uma ruptura no labrum encerrou a temporada 2019 de Thompson após apenas oito jogos.

– De maneira surpreendente, o wide receiver DeAndre Hopkins foi trocado pelo Houston Texans com o Arizona Cardinals nesta offseason. E, junto com o novo time, um novo contrato pode chegar para o talentoso wideout.

Michael Bidwill, presidente dos Cardinals, disse aos repórteres em uma teleconferência nesta terça que o general manager Steve Keim já começou a conversar com os representantes do WR em relação a um novo contrato.

“Bem, eu acho que quando você olha para DeAndre, ele certamente é alguém que está jogando no topo de seu jogo e eu sei que Steve teve algumas conversas sobre isso”, frisou o executivo.

Atualmente, Hopkins está atuando sob um contrato de cinco anos, com valor de US$ 81 milhões, que deve render um salário-base de apenas US$ 12,5 milhões em 2020. Oito recebedores da NFL devem faturar mais do que ele em 2020, segundo o ‘OverTheCap.com’.

– O guard Brandon Scherff, do Washington Redskins, está assinando sua franchise tag. A informação foi confirmada por Adam Schefter, da ‘ESPN’ norte-americana.

Três vezes selecionado ao Pro Bowl, Scherff vai receber US$ 15,03 milhões nesta temporada 2020, valor completamente garantido. Os Redskins aplicaram a franchise tag não-exclusiva no dia 14 de maio.

Comments
To Top