NFL

Ben Roethlisberger não guarda mágoa por saída de James Harrison

Ben Roethlisberger, quarterback do Pittsburgh Steelers

(Crédito: Instagram/reprodução)

Apesar de vários jogadores do Pittsburgh Steelers terem criticado a saída de James Harrison, Ben Roethlisberger prefere não guardar mágoas em relação ao ex-companheiro de equipe.

Falando com os jornalistas no vestiário dos Steelers, nesta quarta-feira (27), o quarterback da franquia da Pensilvânia preferiu não polemizar e, em vez disso, ele elogiou o pass rusher por ter somado 80,5 sacks com a camisa da organização.

“James tem que fazer o que tem que fazer. Não é como se ele tivesse me ligado e perguntado se deveria um não. James estava lá – ele é um free agent, tem que fazer o que é melhor para ele e sua família. Eu lhe desejo o melhor. Tive muitos anos bons ao lado dele”, declarou Big Ben.

Os Steelers dispensaram Harrison no último sábado para abrir espaço no elenco para o right tackle Marcus Gilbert, que voltou de suspensão. E, três dias depois, o linebacker acertou sua ida para o New England Patriots, até postando uma selfie ao lado do quarterback Tom Brady.

Há sempre a chance de Harrison divulgar informações sobre o playbook e coisas internas dos Steelers com sua nova equipe, mas Roethlisberger não se mostrou muito preocupado com essa possibilidade.

Vale ressaltar que existe um grande potencial de Steelers e Patriots se encontrarem na final da Conferência Americana (AFC), daqui a menos de um mês.

Para falar sobre o problema de divulgação de informações de outros times, frisando que é algo que acontece em toda a NFL, Big Ben citou o exemplo da troca do wide receiver Sammie Coates, ex-Steelers, com o Cleveland Browns antes do confronto entre as duas equipes, na semana 1 da temporada regular.

“Isso é com James. Se eles quiserem perguntar a ele sobre cada uma das informações que ele tem, é isso que acontece nesta liga – outras pessoas fazem isso também. Não estou preocupado com isso. Nós não jogamos contra eles nesta semana e nem na próxima. Então, vamos ver”, falou o signal caller.

Roethlisberger revelou que sua esposa perguntou se Harrison tinha familiaridade com o ataque no-huddle dos Steelers. E Big Ben disse a ela que talvez o linebacker soubesse algumas coisas, mas nada importante.

Big Ben parece ter ficado mais sentido de perder Harrison como companheiro de equipe.

“Ele realmente é um dos melhores a jogar este esporte na posição de outside linebacker. Simplesmente coloca medo nos olhos dos quarterbacks. Você podia ver isso”, finalizou.

Comments
To Top