NFL

Ben Roethlisberger está com problema no cotovelo; veja boletim de lesões

Ben Roethlisberger, quarterback do Pittsburgh Steelers

(Crédito: Twitter/reprodução)

O Pittsburgh Steelers está tendo que lidar com lesões em dois importantes jogadores ofensivos, sendo um deles o quarterback titular Ben Roethlisberger.

Big Ben pode treinar de forma limitada no início da semana de treinamentos devido a um problema no cotovelo, como confirmou o técnico Mike Tomlin nesta terça-feira (11). O head coach também acrescentou que o guard David DeCastro está com uma fratura na mão.

Os Steelers estão se preparando para enfrentar o Kansas City Chiefs neste próximo final de semana, no Heinz Field. O adversário traz boas lembranças a Pittsburgh, já que Roethlisberger lançou para cinco touchdowns em um confronto em 2016 contra os Chiefs.

“Apenas os solavancos e machucados associados ao jogo”, disse Tomlin, que usualmente fala isso quando uma lesão não é séria. “Esse foi o prognóstico (pós-jogo). Vamos ver como ele estará na (quarta-feira de) manhã. Isso é apenas a divulgação completa da minha parte”, completou.

Ao ser questionado se o comentário de “solavancos e machucados” indica que Roethlisberger estará preparado para o jogo de domingo, Tomlin foi enfático.

“Caras, eu esbocei isso. Isso pode limitar a participação dele nas primeiras porções no começo da semana e vamos deixar que isso seja o nosso guia”, observou o head coach.

Tomlin acrescentou que o camisa 7 normalmente descansa no começo da semana, dando assim repetições para os quarterbacks jovens.

“Seu corpo cumulativo de trabalho ao longo de sua carreira extensa ajuda nesse sentido”, apontou o treinador.

Durante o empate por 21 a 21 contra o Cleveland Browns, na estreia, Big Ben acertou 23 passes de 41 para 335 jardas, um touchdown e três interceptações. Roethlisberger sofreu três sacks e perdeu dois fumbles.

Já em relação a DeCastro, o jogador de linha ofensiva disse que estava bem logo depois do jogo, mas o guard foi visto usando uma pequena proteção no vestiário nesta segunda. Os Steelers vão monitorar o progresso do atleta nesta semana.

DeCastro, que já foi duas vezes selecionado para o time All-Pro, não perde um jogo por causa de lesão desde 2013.

Em outra novidade do Pittsburgh Steelers, o running back Le’Veon Bell, que vem boicotando os treinos e jogos do time, não foi listado na ordem de elenco do time. Ele estava lá durante a pré-temporada e na semana 1, com um asterisco.

Tomlin observou que não tem mantido contato com Bell e que não sabe quando o RB vai se reapresentar. O head coach afirmou que o time está seguindo em frente com seu plano de jogo até que algo mude.

Confira mais notícias de lesões e movimentações na NFL nesta terça (11):

– O Houston Texans colocou o cornerback Kevin Johnson na injured reserve, depois que ele sofreu uma concussão durante a derrota na estreia para o New England Patriots. A informação foi confirmada pelo jornalista Field Yates, da ‘ESPN’ norte-americana.

O técnico Bill O’Brien reconheceu na última segunda que Johnson ficaria afastado do time por “muito tempo”.

A concussão sofrida neste domingo foi a segunda sofrida pelo defensor em menos de um mês, já que ele também saiu do jogo de pré-temporada contra o San Francisco 49ers, no dia 18 de agosto, depois de bater a cabeça no campo.

Selecionado na primeira rodada do draft de 2015, Johnson atuou em apenas 12 jogos no total em 2017 e 2018, somando 45 tackles combinados e dois passes defendidos.

Os Texans também perderam o right tackle titular Seantrel Henderson por toda a temporada depois que ele sofreu uma lesão no tornozelo durante a derrota por 27 a 20 para os Patriots.

– O técnico Pete Carroll, do Seattle Seahawks, disse que o wide receiver Doug Baldwin pode ficar fora por “algumas semanas” devido a “problemas no ligamento colateral medial” do joelho. A informação é de Andy Patton, do ‘USA Today’.

– O Jacksonville Jaguars colocou o defensive end Dante Fowler no elenco ativo depois de ele cumprir uma suspensão de um jogo. Para abrir espaço no elenco, o time da Flórida dispensou o defensive tackle Michael Bennett.

– O Carolina Panthers anunciou que o tight end Greg Olsen sofreu uma nova fratura no pé direito durante a vitória na estreia do time na temporada contra o Dallas Cowboys. O veterano com 12 anos de experiência na NFL não deve passar por cirurgia neste momento.

Os Panthers também anunciaram que o right tackle Daryl Williams (joelho) recebeu a recomendação de passar por cirurgia. Williams foi retirado de campo durante a estreia contra os Cowboys.

– O Cleveland Browns testou o running back Mark Thompson, ex-Baltimore Ravens.

– O Atlanta Falcons anunciou que o linebacker Deion Jones foi colocado na injured reserve depois de sofrer uma contusão no pé durante a abertura da temporada contra o Philadelphia Eagles. O técnico Dan Quinn disse que espera que Jones retorne ainda nesta temporada, mas o defensor terá que ficar obrigatoriamente afastado por um período mínimo de oito semanas.

– O defensive end Carlos Dunlap, do Cincinnati Bengals, treinou de maneira limitada antes do jogo de quinta contra o Baltimore Ravens. Ele está com um problema na panturrilha.

– No Oakland Raiders, o long snapper Andrew DePaola sofreu uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho direito durante a derrota para o Los Angeles Rams por 33 a 13, na noite da última segunda. A informação foi confirmada pelo jornalista Paul Gutierrez, da ‘ESPN’ norte-americana.

O técnico Jon Gruden confirmou nesta terça que DePaola vai perder o restante da temporada 2018 da NFL e que o time precisará contratar um novo long snapper.

– No Los Angeles Rams, o wide receiver/retornador de chutes Pharoh Cooper ficará fora por algum tempo depois de sofrer uma lesão no tornozelo durante o terceiro quarto da vitória sobre o Oakland Raiders por 33 a 13, no último Monday Night Football.

“Ele vai ficar fora por algum tempo agora. Então, essa é uma grande perda para nós”, disse o técnico Sean McVay nesta terça.

McVay acrescentou que Cooper vai passar por mais exames para ver se uma cirurgia é necessária.

Comments
To Top