NFL

Ben McAdoo é demitido e não é mais o técnico do New York Giants; Jerry Reese também é demitido

Ben McAdoo, técnico do New York Giants

(Crédito: Twitter/reprodução)

O número de derrotas foi aumentando, os rumores foram se intensificando e não teve mais jeito. Em uma decisão já esperada por muitos, o New York Giants demitiu o técnico Ben McAdoo e encerrou um trabalho de duas temporadas dele como head coach.

O desligamento se dá depois da derrota por 24 a 17 para o Oakland Raiders, neste domingo (3), que fez a equipe cair para 2-10 na temporada 2017. Os Giants têm uma das duas piores campanhas da Conferência Nacional (NFC) até agora, ao lado do San Francisco 49ers, também 2-10.

Segundo a jornalista Aditi Kinkhabwala, da ‘NFL Network', o coordenador defensivo Stev Spagnuolo vai assumir o cargo de head coach interino.

Após o revés para os Raiders, McAdoo não se mostrou muito a fim de discutir seu status no cargo.

“Eu vou treinar esse time enquanto meu crachá funcionar. Tenho um ótimo grupo de jogadores, treinadores, uma grande comissão para trabalhar, quero aparecer pronto amanhã, limpar as coisas e seguir para a próxima”, falou o técnico, logo após a derrota para os Raiders. “Eu vou treinar esse time até me falarem que não vou mais treinar. Vou comparecer amanhã pela manhã pronto para trabalhar”, completou.

Rumores sobre a saída de McAdoo do cargo se intensificaram neste domingo, como apurou uma reportagem da ‘ESPN’ norte-americana.

John Mara e Steve Tisch, proprietários da equipe, se recusaram a falar sobre a condição de McAdoo no cargo logo após a derrota deste final de semana.

McAdoo assumiu o posto no ano passado, após a saída de Tom Coughlin do cargo após 12 temporadas como técnico principal, e teve uma primeira temporada promissora como treinador principal.

Em 2016, o time nova-iorquino terminou com campanha de 11-5 e foi aos playoffs pela primeira vez desde a temporada 2011, quando os Giants acabaram com o título do Super Bowl. Desta vez, contudo, a equipe caiu logo na rodada de wild card da pós-temporada, com uma derrota por 38 a 13 para o Green Bay Packers.

Neste segundo ano como treinador, contudo, deu tudo errado para os Giants. Cotados como um dos favoritos para brigar pelo título da divisão NFC East antes de a temporada começar, os Giants sucumbiram rapidamente, muito devido às lesões de jogadores importantes como os wide receivers Odell Beckham Jr. e Brandon Marshall, e não atuaram bem durante todo o campeonato.

A equipe foi abalada por rumores de falta de clima dentro do vestiário, o que pareceu ficar ainda mais claro com suspensões como as dos cornerbacks Dominique Rodgers-Cromartie e Janoris Jenkins, e de problemas de comunicação. O estopim parece ter ocorrido com a polêmica decisão de mandar o quarterback Eli Manning para o banco de reservas e colocar Geno Smith como titular nas semanas finais.

Recentemente, após a decisão de mandar Eli Manning para o banco, Mara declarou que o cargo de Ben McAdoo não estava seguro.

“Não há garantias na vida”, observou o coproprietário nesta última semana.

O New York Giants teve o maior declínio de vitórias de 2016 para 2017, com uma queda de 52,1%. A equipe também teve um dos piores ataques da NFL desde que McAdoo foi contratado, anotando somente 17,8 pontos por jogo e sendo a terceira pior da NFL em jardas por jogo, com média de 314,7. Apenas o Cleveland Browns e o Chicago Bears marcaram menos pontos por jogo desde 2016, segundo dados do NFL Research.

O New York Giants não demitia um técnico durante a temporada desde 1976, quando eles demitiram Bill Arnsparger depois de um início de temporada 0-7.

Com a demissão de McAdoo, será a segunda vez que os Giants demitem um técnico após duas temporadas no cargo. Ray Handley teve 14 vitórias e 18 derrotas antes de a franquia demiti-lo depois da temporada 1992. McAdoo chegou a 13 vitórias e 15 derrotas como head coach dos Giants após a derrota para os Raiders.

A demissão de McAdoo é a primeira na atual temporada para um head coach, mas dificilmente será a última. Executivos da NFL acreditam que pode haver de oito a 10 mudanças de técnicos neste ano, o que seria um pouco acima da média normal para uma temporada.

Jerry Reese também é demitido

A limpeza foi completa na organização nesta segunda. O general manager Jerry Reese, no cargo há uma década, também foi demitido pelos proprietários da equipe. A informação é de Aditi Kinkhabwala da ‘NFL Network'.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top