NFL

Bears não devem demitir John Fox e GM Ryan Pace; veja as manchetes do final de semana

John Fox, treinador dos Bears

(Crédito: Twitter/reprodução)

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– O Chicago Bears não deverá fazer grandes mudanças na sua comissão técnica e o head coach John Fox e o general manager Ryan Pace devem permanecer na equipe. Fox está em seu segundo ano de um contrato de quatro temporadas assinado com o time de Illinois em 2015.

Contratado após ter recorde de 48-18 e uma ida ao Super Bowl em quatro temporadas com o Denver Broncos, Fox não conseguiu ter o mesmo sucesso com os Bears e está com recorde de 9-23 na sua nova equipe.

– A história de que Sean Payton deverá deixar o New Orleans Saints está indo para o seu segundo ano, mas isso pode acabar rapidamente. Várias fontes indicaram que existe interesse mútuo entre o treinador e o Los Angeles Rams. Agora resta saber se o general manager Mickey Loomis irá liberar Payton por uma compensação moderada.

– Tom Brady, quarterback do New England Patriots, ultrapassou Dan Marino neste domingo (01) e se tornou o quarto jogador com mais jardas passadas na National Football League. Ele entrou na semana 17 com 61.306 jardas e só precisava de 55 para passar Dan Marino, mas ele terminou o jogo contra os Dolphins com 88 jardas passadas.

– Eric Dickerson, running back membro do Hall da Fama, voltou ao Los Angeles Memorial Coliseum, pela primeira vez, desde que entrou em uma disputa com o ex-treinador dos Rams Jeff Fisher. “Estou feliz por estar de volta”, disse ele.

– Bucky Hodges, tight end de Virginia Tech, anunciou que irá entrar no draft da NFL de 2017. Segundo Mel Kiper Jr., especialista em draft da NFL, Hodges é o segundo melhor tight end disponível nessa classe do draft.

– Myles Garrett, defensive end de Texas A&M, anunciou que irá participar do draft de 2017. Ele é projetado para ser escolhido entre os dez primeiros, sendo que o Cleveland Browns – que tem a primeira escolha – pode abrir mão de um draft para selecioná-lo.

– Adam Vinatieri, kicker do Indianapolis Colts, perdeu um field goal nesse domingo (01) e isso lhe custou US$ 500 mil. Ele entrou na semana 17 com aproveitamento de 89,7% e precisava de um acerto para ficar com aproveitamento acima de 90% e ativar um bônus de aproveitamento de meio milhão de dólares.

– O general manager Trent Baalke foi demitido pelo San Francisco 49ers, mas tudo poderia ter sido diferente. Após o treinador Jim Harbaugh deixar os Niners, o executivo ficou próximo de contratar Adam Gase – que levou os Dolphins aos playoffs –, contudo Baalke mudou de ideia e contratou Jim Tomsula, que já estava na franquia.

Comments
To Top