NFL

Baltimore Ravens mantém Marty Mornhinweg como coordenador ofensivo

Marty Mornhinweg, coordenador ofensivo do Baltimore Ravens

(Crédito: Twitter/reprodução)

O técnico John Harbaugh, do Baltimore Ravens, decidiu manter Marty Mornhinweg como coordenador ofensivo do time para a temporada 2017, mesmo com algumas críticas em relação ao desempenho do ataque do time neste último campeonato.

“Em meu coração e na minha cabeça, esta é a melhor decisão”, falou Harbaugh nesta terça-feira (3).

Os Ravens, que terminaram com campanha de oito vitórias e oito derrotas, ficou na metade de baixo dos rankings de jardas corridas (quarto pior da NFL), em eficiência em terceiras descidas (21º na NFL), em eficiência na red zone (19º na NFL) e em pontos (18º na NFL) depois que Mornhinweg assumiu o cargo no lugar de Marc Trestman nos últimos 11 jogos da temporada.

Com o ataque sob o comando de Marty Mornhinweg, o Baltimore Ravens apresentou os mesmos problemas ofensivos que levaram Trestman a ser demitido. O time teve dificuldades em distribuir o jogo por todo o campo e não conseguiu estabelecer bem o jogo corrido.

Joe Flacco, quarterback dos Ravens, reclamou que Mornhinweg foi muito conservador durante uma vitória por 19 a 14 sobre o Cincinnati Bengals, no dia 27 de novembro. Três jogos mais tarde, foi a vez de John Harbaugh acusar o coordenador de ser agressivo demais, descrevendo a decisão de lançar a bola no final do último quarto como “a pior chamada da história”.

Nesta terça, contudo, o treinador principal da franquia de Maryland saiu em defesa de Mornhinweg.

“Eu vejo Marty todos os dias. Eu vejo ele treinando, e Marty não precisa da minha validação. Eu não preciso chegar aqui e dizer ‘Marty Mornhinweg é um bom treinador de futebol americano’. Ele provou isso”, falou Harbaugh.

Apesar disso, o head coach não decidiu rapidamente se manteria o coordenador ou não.

“É isso que estou pensando: o que vai precisar acontecer em cada área para que possamos ir lá e jogar o tipo de futebol americano que desejamos. Eu fico acordado à noite pensando nisso. Eu penso nisso dirigindo para o trabalho e voltando para casa, sobre qual é a melhor maneira de fazer e quem são as melhores pessoas para fazer”, observou. “Essa é a conclusão a que cheguei. Eu tenho o apoio de todos na organização”, completou.

Segundo o técnico, a ideia de continuidade pesou na decisão de manter Marty Mornhnweg, que é o quinto coordenador ofensivo diferente dos Ravens nos últimos cinco anos. Porém, para Harbaugh, a direção para a qual o ataque está caminhando foi o maior fator.

“Eu acredito que vamos ser físicos. Acredito que vamos usar conceitos bons e sólidos que Joe (Flacco) pode executar de maneira eficiente e eu acredito que, dentro desse sistema, há espaço para muita criatividade. Isso é o que temos que buscar”, pontuou.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top