NFL

Austin Seferian-Jenkins afirma que fé que Jets depositaram nele será “recompensada”

Austin Seferian-Jenkins, tight end do New York Jets

(Crédito: Twitter/reprodução)

O ano de 2016 não foi nada fácil para Austin Seferian-Jenkins. O tight end foi expulso de um treinamento do Tampa Bay Buccaneers e, meses depois, foi dispensado pela franquia da Flórida após ser preso. Porém, ele ganhou uma segunda chance com o New York Jets e parece estar aproveitando.

O jornalista Connor Hughes, do ‘NJ Advanced Media’, referiu-se a Seferian-Jenkins como “o jogador mais impressionante em campo” durante as organized team activities (OTAs) dos Jets nesta offseason. Já Rich Cimini, da ‘ESPN’ norte-americana, apurou que a equipe nova-iorquina “gostou do que eles viram” até agora por parte do tight end.

E o jogador, que abandonou o álcool e perdeu peso, prometeu aproveitar bem sua nova oportunidade.

“Eu me sinto como uma pessoa diferente dentro e fora de campo. A perda de peso tem sido tremenda e estou realmente feliz por ter a oportunidade de mostrar que os Jets terem dado uma chance para mim será recompensada. Estou apenas tentando trabalhar todos os dias no time como todos os outros”, declarou o tight end ao site oficial do New York Jets.

Vale lembrar que Austin Seferian-Jenkins ainda precisa cumprir uma suspensão de dois jogos de duração por violar a política de substâncias proibidas pela NFL, punição essa derivada de sua prisão no ano passado.

Atualmente com 24 anos, Seferian-Jenkins terá a chance de ter um espaço bom no ataque dos Jets, que dispensou os experientes wide receivers Eric Decker e Brandon Marshall nesta offseason e ficou com um corpo de recebedores muito jovem.

E o time pretende usar mais os tight ends em 2017, algo que pouco aconteceu no ano passado.

“Eu acho que muito disso tem a ver com a perda de peso e acho que é graças a Josh McCown, Christian Hackenberg, Bryce Petty e John Morton”, frisou Seferian-Jenkins sobre sua offseason positiva, mencionando os QBs dos Jets e o novo coordenador ofensivo. “O treinador Morton definitivamente deu uma ênfase para usar o tight end e cabe ao grupo de tight ends garantir que faremos o melhor para tirar o máximo proveito dessas oportunidades”, completou.

Capacidade de ser produtivo Austin Seferian Jenkins já provou que tem. Agora, o atleta precisa provar que ele consegue ficar saudável e longe dos problemas extracampo para se tornar um membro valioso do elenco dos Jets.

Popular

Copyright © 2015-2021 - https://www.quintoquartobr.com/

+18 Jogue com responsabilidade


Copyright QuintoQuartoBR

To Top