NFL

Audiência de Darrelle Revis é adiada para dia 15 de março; veja as manchetes da terça-feira

Darrelle Revis, cornerback do New York Jets

(Crédito: Twitter/reprodução)

No Huddle – O boletim de notícias de NFL do Quinto Quarto

– A audiência no tribunal de Darrelle Revis, defensive back do New York Jets, foi adiado para o dia 15 de março, confirmou o advogado do jogador de 31 anos, Robert DelGrego Jr., à ‘ESPN’ americana.

Revis enfrenta quatro acusações de crime de primeiro grau, incluindo assalto agravado, decorrente de um incidente em Pittsburgh no início deste mês. Darrelle Revis se apresentou na última sexta-feira e sua audiência estava marcada para a quinta-feira (23) antes de ser adiada.

– George Godsey, ex-coordenador ofensivo do Houston Texans, voltou para a National Football League, só que do outro lado do jogo. Ele foi contratado pelo Detroit Lions para ser assistente defensivo encarregado de projetos especiais.

– O San Francisco anunciou mais adições ao seu staff: John Benton (assistente da linha ofensiva), Daniel Bullocks (assistente dos defensive backs), Michael Clay (assistente de força e condicionamento), Stan Kwan (assistente das equipes especiais), Vince Oghobaase (assistente da linha defensiva), Adam Stenavich (assistente da linha ofensiva) e DeMeco Ryans (assistente de controle de qualidade da defensa).

– Pat Shurmur, coordenador ofensivo do Minnesota Vikings, acredita que uma offseason completa ajudar o quarterback Sam Bradford a ter um desempenho melhor. “Quando ele voltar, ele poderá sentar com os jogadores que ele jogará na offseason, nós faremos coisas que se encaixam ao seu olho, que se encaixam com a gente”.

– Cornerback K’Waun Williams assina contrato de um ano com o San Francisco 49ers, segundo informações de Ian Rapoport, do ‘NFL.com’. O defensor ficou afastado da NFL na temporada 2016, mas recebeu propostas de times interessados, entre eles o New York Jets, mas optou pelos Niners.

– Sean Payton admitiu que há uma busca por um quarterback no New Orleans Saints. “Eu acho que é um tópico que existe e existiu por causa da natureza da posição”, disse o head coach.

– John Lynch, general manager do San Francisco 49ers, ainda está se ajustando a vida longe de sua família. “Minha esposa continua perguntando: ‘ tem certeza?’”, disse ele. “Eu respondi: ‘isso já começou’. Eu nunca estive separado da minha família, então é muito doloroso. Isso tem sido muito difícil”.

– Captain Munnerlyn, defensive back do Minnsota Vikings, exaltou que a NFL finalmente reconheceu a posição de nickelback (quinto defensive back). “Eles finalmente perceberam que é uma grande posição”.

– Joey Porter assistente técnico do Pittsburgh Steelers, se declarou culpado da acusação de conduta desordeira decorrente de sua prisão no último mês.

 

Comments
To Top