NFL

Atlanta, Flórida e Los Angeles vão receber Super Bowls LIII, LIV e LV

(Crédito: Instagram/reprodução)

(Crédito: Instagram/reprodução)

Os proprietários da National Football League decidiram nesta terça-feira (24), em votação realizada na spring meeting, que os Super Bowls LIII, LIV e LV, que serão disputados em 2019, 2020 e 2021, serão disputados em Atlanta, no sul da Flórida e em Los Angeles.

A anúncio mais chamativo é o de Los Angeles, sem dúvidas. A última vez que a decisão da National Football League foi realizada na cidade foi em 31 de janeiro de 1993, quando o Dallas Cowboys derrotou o Buffalo Bills por 52 a 17 no Super Bowl XXVII, disputado no Rose Bowl, em Pasadena.

A volta do jogo mais importante do esporte dos Estados Unidos a L.A. se dá depois da realocação dos Rams para Los Angeles, nesta offseason. Antes dos Rams saírem de St. Louis, o último time que havia sido fixado em Los Angeles foram os Raiders, em 1994, antes de a franquia voltar para Oakland.

Los Angeles apresentou candidaturas para os Super Bowls realizados em 2020 e 2021, mas o último acabou sendo mais lógico, já que o novo estádio em Inglewood deve ser inaugurado em 2019. Assim, a arena terá mais tempo para ser preparada para o Super Bowl LV.

“Havia Super Bowls lá regularmente antes de não ter nenhuma equipe, então com nosso novo estádio e projeto, será inacreditável. Já me perguntaram muito sobre isso quando eu estava em Los Angeles. Todo mundo está empolgado”, afirmou Stan Kroenke, proprietário dos Rams. “Você quer que ele seja perfeito, certo? Quando você volta a L.A. após todos esses anos, você quer que seja perfeito. Então eu acho que um ano extra pode ser bom”, completou.

No caso de Atlanta sediando o Super Bowl LIII, a escolha era um tanto quanto esperada. A National Football League tem por tradição mandar a final da liga para uma cidade com estádio novo e Atlanta está em meio ao processo de construção do Mercedes-Benz Stadium, de US$ 1,4 bilhão, que deve ser inaugurado no meio de 2017.

“Exultando alegria para Atlanta e nossos torcedores”, afirmou Arthur Blank, dono dos Falcons, depois de vencer a candidatura. “Achamos que o Mercedes-Benz Stadium é um grande estádio para receber o Super Bowl. Agradecemos a todos os nossos torcedores e cidadãos pelo apoio”, completou.

Já o Super Bowl de 2020 vai marcar o retorno da decisão da NFL para o sul da Flórida pela primeira vez em uma década. Stephen Ross, dono do Miami Dolphins, colocou mais de US$ 400 milhões em obras de renovação do estádio para receber o Super Bowl na cidade.

“A única coisa melhor do que vencer o Super Bowl em 2020 é jogar em casa em vencê-lo”, falou Ross, aos jornalistas, depois do anúncio da seleção de sua candidatura.

A cidade de Atlanta recebeu o jogo pela última vez em 30 de janeiro de 2000, quando o St. Louis Rams liderado pelo quarterback Kurt Warner derrotou o Tennessee Titans por 23 a 16, no Super Bowl XXXIV, realizado no Georgia Dome. Já o sul da Flórida recebeu o grande jogo em 7 de fevereiro de 2010, quando o New Orleans Saints derrotou o Indianapolis Colts por 31 a 17, no Super Bowl XLIV, realizado no Sun Life Stadium.

Na última candidatura, Los Angeles só concorreu com Tampa Bay parece receber a decisão em 2021, considerando que Atlanta e Flórida já haviam sido escolhidas. Já Atlanta superou Nova Orleans para o jogo de 2019 e Flórida superou Tampa Bay para o jogo de 2020, depois que Los Angeles retirou sua candidatura para este jogo.

Os dois próximos Super Bowls, LI e LII, serão disputados em Houston e Minneapolis, respectivamente.

Comments
To Top