NFL

Após cinco temporadas, Arizona Cardinals corta o safety Tyrann Mathieu

Tyrann Mathieu, safety da NFL

(Crédito: Twitter/reprodução)

O Arizona Cardinals cortou o safety Tyrann Mathieu nesta quarta-feira (14), após uma passagem de cinco temporadas do defensor pela franquia de Glendale.

Mathieu foi cortado horas antes de US$ 5,75 milhões de seu salário de 2018 e US$ 8 milhões de seu salário de 2019 se tornarem garantidos.

Vale lembrar que, nesta quarta, a partir das 17h (de Brasília) começa o novo ano da National Football League.

O defensive back também ia faturar um bônus de elenco no valor de US$ 5 milhões caso estivesse no elenco no dia 16 de março.

Mathieu foi solicitado a aceitar um corte salarial, mas ele se recusou e foi dispensado pela organização que o selecionou na terceira rodada do draft de 2013, com a 69ª escolha geral.

“Eu nunca escondi que Tyrann sempre teve um lugar especial no meu coração e sempre terá. Embora todos entendamos que isso é uma parte do negócio, isso certamente não torna nada mais simples. Todos nós desejamos a Tyrann nada além de sucesso contínuo na carreira e além”, declarou Steve Keim, general manager do Arizona Cardinals, em nota oficial.

Em 66 partidas de temporadas regulares com a camisa dos Cardinals, Mathieu somou 11 interceptações (uma retornada para touchdown), 41 passes defendidos, quatro fumbles forçados e 307 tackles combinados, além de quatro sacks.

Na temporada 2017, em 16 jogos, ele fez duas interceptações e defendeu sete passes, além de ter feito 78 tackles no total, forçado um fumble e aplicado um sack.

Mathieu sofreu com problemas físicos em sua carreira até agora, mas quando esteve saudável, ele foi um dos melhores jogadores de secundária da NFL. Ele sempre foi um defensor versátil e que nunca teve receio de ir atrás da bola.

Atualmente com 25 anos, Mathieu terminou três de suas cinco temporadas na NFL na injured reserve, devido a suas lesões graves no joelho: uma ruptura do ligamento cruzado anterior e do ligamento colateral lateral em 2013, e uma ruptura do ligamento cruzado anterior em 2015.

Esta última contusão encerrou uma das melhores temporadas de sua carreira, quando seu nome estava na disputa pelo Jogador Defensivo do Ano da NFL. Em 2015, o safety dos Cardinals foi nomeado para o primeiro time All-Pro e para o Pro Bowl.

Já a temporada 2016 de Tyrann foi encerrada precocemente devido a uma lesão no ombro.

A temporada 2017 foi a primeira em que Mathieu atuou em todos os 16 jogos de seu time, mas seu desempenho não foi dos melhores, enquanto ele continuava se reabilitando mental e fisicamente dos últimos anos complicados em termos de problemas físicos.

Comments
To Top