NFL

Aqib Talib perde apelação e terá que cumprir um jogo de suspensão

(Crédito: Denver Broncos/divulgação)

(Crédito: Denver Broncos/divulgação)

O cornerback Aqib Talib, do Denver Broncos, perdeu nesta terça-feira (10) sua apelação da suspensão de um jogo imposta pela NFL, depois que o defensor acertou uma dedada no olho do tight end Dwayne Allen, do Indianapolis Colts, no último domingo. Com a notícia, o camisa 21 ficará mesmo afastado do jogo contra o Kansas City Chiefs, neste final de semana.

Além de não poder participar do próximo compromisso de sua equipe, Talib está proibido de participar de quaisquer atividades ligadas ao Denver Broncos nesta semana, incluindo reuniões e treinamentos. Ele pode voltar à equipe no dia 16 de novembro, próxima segunda-feira.

A penalização vai custar a Aqib Talib o pagamento referente a um jogo, ou seja, ele deixará de faturar US$ 323.529 de um salário-base de US$ 5,5 milhões.

Na última segunda-feira, Aqib Talib disse crer que ele conseguiria evitar a suspensão admitindo seu erro de ter confrontado Allen no lance ocorrido já nos minutos finais da partida. De acordo com o cornerback, a ação “não foi intencional”.

“Eu não fui até lá pensando: ‘eu vou cutucar esse cara no olho’”, afirmou o defensor da franquia do Colorado.

John Elway, vice-presidente executivo de operações de futebol americano e general manager do Denver Broncos, falou em comunicado sobre a perda a apelação.

“Obviamente, (estou) muito desapontado. Todos estamos muito desapontados, como um time, que não foi reduzida (a pena)”, falou o dirigente.

Na segunda, a National Football League disse em nota que Aqib Talib foi suspenso por “força desnecessária… por ter vigorosamente cutucado o oponente no olho após a conclusão da jogada”. No comunicado, a liga também frisa que “a atitude de Talib colocou seu oponente em um risco desnecessário de lesão e deveria ter sido evitada”.

Aqib Talib confessou ter tentado se desculpar com seus companheiros, sobretudo por ter prejudicado sua equipe com as penalidades dentro de jogo. Caso não tivesse cometido falta, possivelmente os Broncos receberiam a bola de volta e teriam a chance de buscar a virada.

“Minhas emoções tiraram o melhor de mim. Eu estava de cabeça quente na situação, me envolvi em uma pequena briga e é disso que me arrependo”, falou o defensive back.

Comments
To Top